Ingratidão e deslealdade marcam as alianças para prefeito em JP; tucanos apunhalam mais um vez Cícero Lucena

Como ninguém nunca duvidou das profundas e consistentes relações entre as eleições municipais de hoje com as de 22, o apoio do grupo Cunha Lima, incluído o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, ao pupilo de Zé Maranhão, comprova que as negociações estão em marcha sem maiores cuidados com as alianças atuais, onde parceiros foram atropelados e amigos de décadas abandonados  sem o menor pudor sem a menor cerimônia e sem o menor respeito pelo passado de lealdade e dedicação.

Quando e onde se imaginar que os tucanos teriam a coragem de não apoiar o velho irmão camarada Cícero Lucena para se engajar com o que resta de seu patrimônio eleitoral na campanha do afilhado do seu maior e mais tradicional desafeto político, José Maranhão.

Essa trupe quer armar um circo em JP

Quem poderia imaginar que as aves de bico grande chegariam a esse nível de deslealdade e de ingratidão para com Cícero depois de ser homenageado com as maiores demonstrações de fidelidade, quando Cícero declinou da oportunidade de ser candidato ao Governo do Estado de consenso, indicado pelo então presidente da República, o tucano FHC, exclusivamente para não atropelar os projetos familiares dos tucanos.

Mas é viver para ver até onde chega a ignominia humana e assistir ao já desacreditado PSDB – pelas derrotas recentes – abraçar uma candidatura medíocre movido apenas pelo desejo de retornar a ribalta, alavancado pelos projetos ambiciosos do primo Romero, que não enxerga ameaça na imagem desbotada – e quase ridícula – do animador de auditório para 2022.

Acompanhando os tucanos nessa caravana estropiada, onde o desejo de poder o escraviza, o velho e cansado Maranhão apostando nas fichas da demagogia para se eternizar na política, depois de extinguir seu partido pela ambição desmedida de poder, agarrando-se agora à esperança rota de um personagem de circo mambembe.

É de se perguntar como ficarão as relações de Romero Rodrigues com o grupo do vice prefeito eleito de Campina Grande, Lucas Ribeiro, filho da senadora Daniela Ribeiro e sobrinho do deputado federal Aguinaldo Ribeiro, patronos da candidatura de Cícero na capital.

Como serão daqui para frente essas relações, depois do apoio ostensivo e festivo ao menino de Maranhão, em desfavor da candidatura progressista de Cícero Lucena.

Está mais do que claro que Romero se uniu ao MDB de Maranhão para fazer frente a Daniele em 2022, e assegurar o apoio político da velha múmia de Araruna ( onde foi derrotado) às suas pretensões de candidato ao Governo do Estado como também o apoio do adulterador de etiquetas, que sonha com a prefeitura da capital, caso o eleitor se engaje nesses projetos de hegemonia política.

O time que aparece na fotografia tem muito do exército de brancaleone, onde soldados esfarrapados assaltavam o que encontravam pelo caminho movidos apenas pelo instinto de conservação, que os fazia fugir do banditismo rasteiro para lutar por um sonho de realização pessoal.

Que Deus nos proteja e guarde!

PSDB, PSD e PSC confirmam o apoio a Nilvan Ferreira no 2º turno, em João Pessoa

O candidato do MDB à Prefeitura de João Pessoa, Nilvan Ferreira, recebeu o apoio do PSDB, PSD e PSC, na tarde desta quarta-feira (18). Durante reunião com Romero Rodrigues, Zé Gadelha e Tovar Correia Lima, que também contou com a participação do senador José Maranhão, Nilvan garantiu que vai integrar ideias dos partidos ao seu plano de gestão.

“Nossa missão é unir João Pessoa, unir os segmentos políticos que estão comprometidos com o futuro e a esperança dessa cidade. O apoio do PSDB, do PSD e do PSC vem para isso, eles resolveram caminhar conosco rumo a uma João Pessoa boa pra todos. A gente vai absorver parte das principais ideias apresentadas por eles, como forma de aprimorar mais ainda o nosso entendimento sobre as transformações e mudanças que a cidade precisa. Estamos caminhando para uma vitória que fará muito bem a João Pessoa”, afirmou Nilvan.

O prefeito de Campina Grande e presidente estadual do PSD, Romero Rodrigues ressaltou que Nilvan é o melhor para comandar o futuro da Capital. “Fizemos pelo bem de João Pessoa, para uma capital cada vez melhor, os partidos se uniram, conversaram, e decidiram apoiar Nilvan. Compreendemos que ele presenta o melhor para o destino de João Pessoa. Queremos somar forças políticas, não apenas agora no processo eleitoral, mas principalmente no olhar para o futuro, é a cidade capital de todos nós paraibanos, queremos o bem para ela. Para João Pessoa acertar no voto e dê a chance a Nilvan de conduzir os destinos dessa cidade”, disse Romero.

Para Tovar, que representou o PSDB no encontro, Nilvan será um prefeito comprometido com a cidade e as novas ideias. “Nos encontramos ontem e hoje para que pudéssemos anunciar o apoio a Nilvan. Foi extremamente republicana nossa conversa, para que ele pudesse absorver as ideias do PSDB, PSD e PSC, ele abraçou, e com isso, claro, João Pessoa ganha, e terá a partir de janeiro um prefeito comprometido com a cidade, com novas ideias, e acima de tudo, altamente republicano”, afirmou o deputado estadual.

O vice-prefeito na chapa de Ruy Carneiro, Zé Gadelha, do PSC, destacou que Nilvan é o melhor nome para gerir a cidade. “Fizemos uma campanha absolutamente propositiva, tivemos um resultado extraordinário, e vimos em Nilvan alguém que pode absorver nossas propostas, como algumas da saúde, a criação da Invest-JP, uma agência que divulgará a cidade de João Pessoa em todo o mundo para fomentar o turismo. Encontramos em Nilvan alguém que pode executar essas ideias, e por isso estamos ao lado dele”, declarou.

“Interessante o que está acontecendo nesta eleição, os apoios que estamos recebendo, dos partidos e do povo, é o apoio ao projeto. Aqui não se fala em barganhas, em concessões que o povo não possa saber, porque a candidatura de Nilvan inaugura um tempo novo, na vida social, econômica e política. É o modo de fazer política com gente de bem, honesta, que só pensa no desenvolvimento e bem-estar da sociedade”, ressaltou o senador Zé Maranhão.

NOTA
Em nota, os partidos afirmam ainda que seria ” impensável para nós e incompreensível para a Paraíba a convivência com a quadrilha de 2.014 e 2.018″.

Leia na íntegra:

“A população de João Pessoa fez sua escolha política neste processo eleitoral. Veio uma mensagem clara que não há hegemonia política entre as alternativas postas. Apesar do nosso projeto, por muito pouco, não ter chegado ao segundo turno, o momento pede decisão e sequência na defesa da cidade. É impensável para nós e incompreensível para a Paraíba a convivência com a quadrilha de 2.014 e 2.018. Respeitando a decisão democrática da cidade, manifestamos nosso apoio a candidatura de Nilvan Ferreira para que ele execute, na prefeitura de João Pessoa, os projetos e diretrizes que defendemos, além de absorver várias das propostas do nosso plano de governo. Ninguém desconhecerá os desafios que Nilvan terá de enfrentar e vencer. Mas acreditamos, como parcela expressiva da cidade, em sua sensibilidade social e no conhecimento que tem de João Pessoa e de seus problemas. Queremos nos somar não apenas no processo eleitoral, mas em tudo que estiver ao nosso alcance para que João Pessoa tenha uma administração eficiente e que permita avanços sociais.

Pedro Cunha Lima
Presidente Estadual do PSDB

Romero Rodrigues
Presidente Estadual do PSD

Zé Gadelha
Presidente Municipal do PSC’