Esportes

Equipe de basquete em cadeira de rodas da PB conquista 3º lugar em campeonato e consegue acesso para a Primeira Divisão de 2024

Aequipe de basquete em cadeira de rodas da Associação Atlética da Pessoa com Deficiência da Paraíba (AAPD-PB) ficou na terceira colocação do Campeonato Brasileiro da Segunda Divisão, em São Paulo, após vencer, nesta sexta-feira (22), por 59 a 56 o Tigres Umurama, do Paraná. Com o resultado, o representante paraibano na competição conseguiu o acesso para que em 2024 possa disputar a Primeira Divisão.

O campeonato reuniu 12 agremiações participantes e a AAPD-PB, que agora passa a fazer da elite do basquete em cadeira de rodas, contou com o apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Juventude  Esporte e Lazer (Sejel), para garantir presença na competição. Já o time campeão foi o da Associação dos Paratletas de Cascavel (Apac-RJ), que na final venceu a Associação Niteroiense de Deficientes Fisicos, que é do Rio de Janeiro (Andef-RJ).

“Parabéns a essa equipe maravilhosa, que treinou bastante focando tão somente esse acesso para a primeira divisão do ano que vem. Agradecer acima de tudo ao Governo do Estado por ter fornecido as passagens aéreas, e sem esse apoio, a equipe não poderia ter vindo a São Paulo disputar essa importante competição”, disse Romero Souza, técnico da equipe paraibana.

“Não há outras palavras para dizer agora a não ser a satisfação do Governo em ter investido e apoiado e saber que conseguiram o resultado expressivo que credenciou a equipe para estar entre os melhores do basquete em cadeira de rodas em 2024. O apoio ao esporte e também ao paradesporto é uma forte marca já consolidada pela atual gestão estadual e, assim, cada vez mais os paraibanos vão brilhar mais ainda no Brasil e no mundo”, frisou Lindolfo Pires, secretário da Juventude, Esporte e Lazer.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.