Depois de Bayeux, quem mais perdeu com a eleição de Fofinha foi o governador João Azevedo, abafado pela cueca de Berg

Na esteira dos acontecimentos ocorridos em Bayeux e que terminaram por desaguar na eleição de Luciene, a mais fiel e obedientes seguidora do prefeito destituído pela Justiça, Berg Lima, destaca-se a capacidade de articulação dos setores mais sombrios desse pobre mundo da política do município metropolitano.

Berg abafou João com a cueca recheada de dinheiro

A vitória de Luciene Fofinho confirma também o desastre antecipado do governador João Azevedo em relação as eleições municipais, onde ficou claro, em Bayeux, que seus conselheiros políticos são de uma mediocridade notável, incapazes de derrotar um espertalhão como Berg Lima, permitindo que se retirasse do cargo um filiado do Cidadania, Jeferson Kita, cuja capacidade pode ser medida pela rasteira que levou ao apagar das luzes, onde uma investida arrasadora do homem da cueca deixou o surfista sem prancha na beira-mar.

Nada nem toda força de pressão e de aliciamento do Governo foi capaz de reverter a vitória de Fofinha e o escandaloso Kita teve que arrumar as malas e deixar a prefeitura depois de promover demissão em massa bem ao seu estilo perseguidor como forma de intimidar o eleitor a consagra-lo nas urnas com a promessa de retorno, o que pode se constituir um desastre na boca da urna pela revolta que a medida causou e pelo descrédito que o prefeito tampão alcançou na sua desastrada e curta gestão, quando quis confundir obrigações, inerentes ao cargo, com realizações de governo, alardeando atualização da folha e outras baboseiras que só a mediocridade instalada no Palácio da Redenção pode aplaudir.

Fofinha não abre mão da reeleição

O arrombador de cofres como é apontado o Berg Lima, capaz de tomar na tora dinheiro do contribuinte, com toda sua truculência política, conseguiu derrotar João Azevedo ao ejetar da cadeira o escaldante Kita, cujos tons desbotaram de vez e terá que lutar muito para conseguir pelo menos uma cadeira na Câmara Municipal.

Foi uma derrota acachapante que mostra quanto é desastrada e despreparada a direção do partido do Governador cuja esperteza não se mostrou suficiente para impedir a volta de Berg ao comando da prefeitura de uma das cidades da região metropolitana, apontando para um cenário de minguadas vitórias do Governo no pleito que se aproxima, caso prossigam no comando esses generais de fancaria.

Exibindo a cueca recheada, Berg foi mais eficiente do que os emissários do Governo, cujas promessas foram varridas pelos ventos das caminhadas matinais e minadas pela maresia da orla da capital, deixando apenas as impressões digitais de emissários desastrados, incumbidos de propostas tentadoras, mas que não contentaram o paladar das ratazanas de Bayeux.

João inicia a caminhada municipal levando um baile em Bayeux.