COVID-19: Romero diz que Plano de Convivência e Retomada de Atividades continua sob avaliação e nega anúncio imediato de novas medidas de flexibilização

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, informou na manhã desta quarta-feira, 15, durante entrevista à Rádio CBN, que a etapa do Plano de Convivência e Retomada de Atividades, iniciada na última segunda-feira (13), assim como ocorreu com as duas anteriores, está sob rigorosa avaliação das autoridades sanitárias do Município. A etapa atual contempla a reabertura de bares, restaurantes, academias e parques. Contudo, ele descartou qualquer possibilidade de anúncio imediato, já nesta semana, de novas medidas de flexibilização para outros setores comerciais, culturais ou de eventos.

Prefeito garante que só haverá novos avanços se o quadro de contenção da doença permanecer estável em Campina Grande

De acordo com Romero Rodrigues, basicamente, cada etapa de avaliação requer um tempo mínimo de até 20 dias, pois são necessários levantamentos, atestando se houve ou não o crescimento do número de casos de pessoas contaminadas e também de óbitos. Além disso, é preciso monitorar como se comporta a capacidade da rede hospitalar quanto ao número de leitos disponíveis e de outros fatores referentes ao tratamento e prevenção à pandemia no novo coronavírus.romero-mascarado-listrado

Acompanhamento presencial

O próprio prefeito Romero Rodrigues tem feito o acompanhamento presencial diário das atividades da UPA Dr. Maia, no bairro do Alto Branco, “porta de entrada” no atendimento às pessoas acometidas da doença. Conforme relatório que lhe é passado periodicamente, de cada cem pessoas recebidas na UPA, no momento, cerca de 30% a 35% têm resultado positivo. Este número era muito maior no mês passado, já que a média girava em torno de 65% positivados entre os que buscavam a unidade referência para Covid-19.

Neste contexto, Romero Rodrigues avalia que o momento é positivo relação à questão da Covid-19 no Município, garantindo que tem l-se estabilizado o número de casos da doença nas últimas semanas. Por isso, o fato levou a PMCG a flexibilizar e a garantir o retorno de vários segmentos econômicos, pois na visão da gestão, este é o momento da sociedade começar a conviver com o problema, mediante a adoção dos devidos cuidados.

Recomendações

O prefeito campinense, contudo, destacou a necessidade de que todos os segmentos sociais precisam colaborar com a política pública de combate à pandemia do novo coronavírus, daí a importância de se evitar aglomerações e outros fatores que podem propagar a pandemia na cidade.

Lembrou também Romero Rodrigues sobre o uso de máscaras e do necessário distanciamento social, esperando ainda que pessoas idosas ou de grupos de riscos permaneçam em seu lares, deles saindo apenas em casos de extrema necessidade. Para Romero, a consciência é, neste momento, o principal fator de sucesso para o combate ao coronavirus.

Fonte: Codecom