Veneziano destaca a importância do papel econômico e social da PEC da Transição

O Plenário do Senado aprovou na noite desta quarta-feira (07) a Proposta de Emenda à Constituição, PEC da Transição (PEC 32/2022), que libera R$ 145 bilhões para o novo governo, fora do teto de gastos, pelo prazo de dois anos. Por meio das suas redes sociais, o vice-presidente do Senado Federal, senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB-PB), que assim como a senadora Nilda Gondim (MDB-PB) votou favoravelmente à proposta e presidiu parte da sessão que apreciou a matéria, ao lado do presidente Rodrigo Pacheco (PSD-MG), destacou a importância da PEC neste momento para o Brasil, em face às necessidades da sociedade brasileira.

 

“Acabamos de garantir os recursos para a manutenção do Bolsa Família no valor de R$ 600 com mais R$ 150 para cada filho. Estamos garantindo, com a aprovação da PEC, comida na mesa de milhões de brasileiros que vivem hoje em situação de vulnerabilidade”, disse Veneziano nas suas redes sociais, ao destacar a importância da PEC. Confira: https://www.instagram.com/p/Cl41yqRu_-j/?igshid=YmMyMTA2M2Y%3D

 

A proposta foi aprovada com 64 votos a favor e 16 contrários, no primeiro turno, e confirmada por 64 a 13 votos, no segundo turno de votação. A PEC agora será enviada para a análise da Câmara dos Deputados. Ainda de acordo com o emedebista, os recursos serão destinados ao Bolsa Família, que atende à parcela mais carente da população, para a recomposição de investimentos em áreas sociais e para o aumento real do salário mínimo.