TRE-PB realiza segundo ciclo de manutenção das urnas

A Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação (STIC) iniciou o segundo ciclo de manutenção corretiva das urnas da Justiça Eleitoral da Paraíba, desde o último dia 15 de junho de 2020, por meio de empresa especializada. Em razão da pandemia da COVID-19, os técnicos da empresa contratada estão munidos de todos os equipamentos de proteção individual necessários para a execução dos trabalhos.

A manutenção preventiva das urnas está sendo realizada nos depósitos da Justiça Eleitoral em João Pessoa, Campina Grande, Patos, Pombal e Cajazeiras. Esse é um procedimento do planejamento das eleições que ocorre sempre no período que antecede às eleições, nas urnas armazenadas em todo o estado da Paraíba.

“Elas passam por manutenções preventivas, com vistas a garantir a qualidade dos equipamentos, evitando assim, eventuais falhas durante o processo de votação”, informou José Cassimiro Júnior, secretário de TIC, do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB).

Atualmente, a Paraíba conta com cerca de 12.100 urnas eletrônicas e a STIC do TRE-PB está na fase do segundo ciclo, de dois, previstos para este ano de 2020, relativos à manutenção preventiva desses equipamentos, quando são testados, de forma exaustiva, todos os componentes das urnas, enviando para a manutenção corretiva, os equipamentos (urnas eletrônicas) que venham a apresentar quaisquer tipos de problema.

O secretário de TIC informou ainda que a partir do dia 6 de julho de 2020 terá início o 8º Simulado Nacional de Hardware (SNH), que servirá para testar os componentes físicos das urnas e também os programas que serão utilizados nas eleições, com vistas a encontrar eventuais falhas ou incompatibilidades entre software e hardware dos diversos modelos de equipamentos, garantindo que sejam corrigidos a tempo, caso venham a ser encontrados.

“Temos cerca de trezentas urnas eletrônicas que necessitam de manutenção corretiva, manutenção essa que está ocorrendo normalmente”, concluiu Cassimiro Júnior.