Notícias urgentes

Polícia paraguaia segue investigando morte de estudante paraibana; autópsia deve sair hoje

Uma estudante de medicina paraibana, Camila Soares de Arruda e Silva, foi encontrada morta, neste domingo (12), na cidade de Ponta Porã, no estado do Mato Grosso do Sul, cidade que faz fronteira com o Paraguai. Camila, natural de Itabaiana, tinha 30 anos e cursava medicina no Paraguai. Ela já era formada em Enfermagem e atuou, como enfermeira, em sua cidade natal.

A jovem foi encontrada ao lado de uma cama, e o caso segue sendo investigado pela polícia da região. A autópsia será feita ainda nesta segunda-feira para descobrir a causa da morte.

O prefeito de Itabaiana, Lúcio Flávio, lamentou a morte da estudante, através das redes sociais. “Quem conheceu Camila teve a oportunidade de conviver com uma jovem alegre, inteligente e muito batalhadora”, postou.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *