Gerais

Mais de 12 mil filhotes de tartaruga nascem no litoral paraibano nesta temporada

Mais de 12 mil filhotes de tartarugas-marinhas nasceram no Litoral da Paraíba e foram soltas ao mar, no período de dezembro de 2023 até 10 de maio deste ano. O dado é da Associação Guajiru, que atua há mais de 20 anos nas praias paraibanas com ações de educação ambiental e proteção das tartarugas marinhas.

Os filhotes são da espécie tartaruga-de -pente, a mais comum no litoral paraibano. O nascimento das tartarugas é realizado por cerca de 80 voluntários, que monitoram o litoral paraibano. Por se tratar de ninhos localizados em praias urbanas, com exceção de alguns trechos que não possuem o impacto da fotopoluição, como o Litoral Norte, os filhotes precisam desse apoio para chegar ao mar em segurança.

“A liberação das tartarugas é realizada pelos voluntários três ou quatro dias após a eclosão dos ovos, a depender da evolução e subida dos filhotes até a superfície da areia. Em áreas sem a fotopoluição, os filhotes realizam o processo de saída sozinhos, naturalmente”, explicou a bióloga e vice-presidente da Associação Guajiru, Juliana Galvão.

A temporada de desova das tartarugas-marinhas que chegam ao Litoral da Paraíba normalmente acontece entre os meses de novembro a maio, sendo a maior parte dos ninhos localizada na Praia de Intermares, no município de Cabedelo, região Metropolitana da capital. Nesta temporada, a Associação Guajiru já contabiliza mais de 250 ninhos nas áreas monitoradas pelos voluntários. Ao identificar os ninhos, o local é cercado e sinalizado para que o acompanhamento do desenvolvimento dos filhotes seja feito com segurança, como explica Juliana Galvão.

“A necessidade de cercar o ninho tem o objetivo de sinalizar o local onde os ovos estão, a fim de protegê-los da compactação da areia pelo pisoteio e tráfego de veículos. Desta forma, a população também pode ajudar na conservação da espécie, fiscalizando os ninhos contra o vandalismo ou predação”, disse.

Transcrito de A União, edição desta terça-feira, 14/5

Foto: Elton Dantas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *