Política

Galdino vai revelar “nomes e CPFs” dos responsáveis por ação no STF contra sua posse

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino (Republicanos), não vai deixar barato a ação que a Executiva Nacional do PSDB moveu, junto ao Supremo Tribunal Federal, contra sua posse como presidente para o segundo biênio. A ação pede a inconstitucionalidade de sua posse. Em entrevista à Rádio Difusora de Cajazeiras, ele disse que está investigando e vai revelar “nomes e CPFs” de paraibanos que tenham alguma relação com essa puxada de tapete.

A Executiva Estadual do PSDB, no entanto, jura que nada tem a ver com isso. Galdino acredita. “Mas tem alguém na Paraíba interessado nessa situação que tem um CPF paraibano. Ou mais de um CPF paraibano interessado”, disse Adriano. “E no momento em que eu souber, irei revelar esses nomes, porque a Paraíba precisa tomar conhecimento das pessoas que jogam nas costas”, completou.

A eleição para o segundo biênio foi antecipada, em 2023, quando Galdino foi eleito também para o primeiro turno, contando, inclusive, com os votos dos três deputados tucanos – Tovar Correia Lima, Fábio Ramalho e Camila Toscano. Essa antecipação é que está sendo questionada na Justiça.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *