Câmara de Campina Grande discute Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Na manhã desta quarta, 19, a Câmara de Campina Grande discutiu em sessão especial o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

A propositura foi apresentada através de requerimento para a sessão especial pela Vereadora Eva Gouveia (PSD) e foi aprovada por unanimidade pelo plenário da Casa de Feliz Araújo.

O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes é lembrado dia 18 de Maio a data instituída pela Lei Federal nº 9.970/00 foi escolhida em memória à menina Araceli Crespo, de 8 anos, que foi espancada, estuprada, drogada e morta em Vitória (ES). A menina desapareceu em 18 de maio de 1973 e foi encontrada seis dias depois em um terreno baldio, próximo ao centro da cidade. O processo acabou arquivado.

A sessão foi iniciada pelo Presidente do Legislativo Marinaldo Cardoso (Republicanos) que convocou a mesa e a autora Eva Gouveia para que justificasse a propositura para a realização da sessão especial. Em seguida passou a presidência para Vereadora Eva Gouveia que conduziu os trabalhos.

Eva em sua justificativa disse que o tema é muito importante e que “a pandemia tornou as crianças e adolescentes mais expostas aos abusadores”.

A Presidente da Comissão de Educação também lembrou que Campina Grande tornou-se referência internacional no combate a exploração sexual e o trabalho infantil durante sua gestão a frente da SEMAS no governo do ex-prefeito Romero Rodrigues.

Também estiveram na sessão especial o Vice-prefeito Lucas Ribeiro (PP), o Juiz Titular da Vara da Infância em Campina Grande Perilo Lucena, o adjunto Hugo Zaer, a Presidente do Conselho de Proteção aos Direitos da Criança e do Adolescente Renata Andrade, a Gerente da Infância e Juventude da Secretaria da Assistência Social Magliana Leite, Vereadores, Conselheiros Tutelares, além de outras autoridades e a população na galeria.