CidadeNotícias urgentes

Bar do Cuscuz é interditado pela Sudema, por recomendação do MPF

O restaurante Bar do Cuscuz em João Pessoa, que foi autuado na segunda-feira por crime ambiental, foi embargado nesta quarta-feira, após recomendação do Ministério Público Federal. Uma nova fiscalização da Sudema foi realizada, hoje (15/5) e constatou a continuidade do despejo de esgoto no mar. A água considerada poluída foi direcionada, a partir da última fiscalização, para a rede de águas pluviais, quando deveria ser dirigida para a rede de esgotos da Cagepa.

Dois quiosques já haviam sido embargados pelo mesmo motivo, também na praia do Cabo Branco. Mas outros estabelecimentos, inclusive um hotel, também estão em vias de embargos.

Segundo o procurador da República João Raphael Lima, o interesse do MPF no caso se justifica pela gravidade dos danos ambientais causados e pela necessidade de proteção do meio ambiente marinho, bem da União, conforme preceitua o artigo 20, inciso VII, da Constituição Federal.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *