Aprovado na CMJP, Extremotec impulsiona desenvolvimento econômico de JP

Aprovado na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) no final de 2017, o Polo de Tecnologia Extremo Oriental das Américas promove incentivos fiscais a fim de fomentar o desenvolvimento tecnológico e a inovação em João Pessoa desde 2018. O autor do projeto na Casa, vereador Thiago Lucena (PRTB), destacou alguns dos resultados do programa depois de três anos de sua implantação.

Graças ao programa, houve um incentivo às empresas de tecnologia que se instalam na cidade, uma redução de 5 para 2% no Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza. Com esse benefício, o número de empresas do setor sediadas na capital paraibana quase dobrou. “Em 2016, a soma do faturamento das 247 empresas de tecnologia sediadas em João Pessoa era R$ 116 milhões. Fechamos 2021 com 466 empresas e com faturamento somados de R$ 506 milhões, ou seja, um aumento de 337%”, informou Thiago Lucena, destacando que quando o Poder Público ajuda, toda a cadeia é beneficiada.

Temos um bilhão, trezentos e cinquenta milhões de reais (R$ 1.350.000.000,00) deste setor circulando em nossa cidade desde 2018. Temos relatos de empresas que aumentaram em quatro vezes a quantidade de postos de trabalho na nossa cidade e isso de fato é o aumento da empregabilidade”, destacou Thiago Lucena, afirmando que os resultados vão além de aumento no faturamento das empresas, promovendo a empregabilidade e desenvolvimento econômico da cidade.

Segundo o parlamentar, o erário do Município também saiu beneficiado com o programa. “Posso também falar de um enorme resultado na arrecadação do Município. Em 2016, com a alíquota de 5%, a arrecadação nessa área foi de R$ 2.100.000,00. Fechamos 2021 com R$ 8.100.000,00, mesmo com a alíquota de 2%. Um aumento de 277% na arrecadação”, informou Thiago, ressaltando que, com impostos menores, as empresas crescem, empregam mais pessoas e circula mais dinheiro na cidade.

Essa é a minha visão de mundo na política. Esse mercado em expansão tem tudo para prosperar na nossa cidade e no nosso país. Essa é a missão do Extremotec. Agora o foco é trabalhar junto com o governo local, com as universidades e com os empreendedores para possibilitarmos cada vez mais esse crescimento que gera emprego, qualidade de vida e prosperidade para toda a população paraibana”, enfatizou Thiago Lucena.