Saque extraordinário do FGTS é liberado nesta quarta para nascidos no mês de abril

A Caixa Econômica Federal libera nesta quarta-feira (11) o saque extraordinário do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), de até R$ 1 mil, para trabalhadores nascidos no mês de abril. Ao longo do mês de maio, pessoas nascidas de março a setembro vão poder realizar o saque. O calendário completo, que abarca todos os trabalhadores nascidos até dezembro, seguirá até o dia 15 de junho.

 

Para receber o saque extraordinário do FGTS, é preciso ter algum saldo disponível em contas ativas ou inativas. O limite máximo para saque é de R$ 1 mil e cada trabalhador tem direito a apenas um saque, independentemente do valor total disponível e do número de contas.

 

Como usar o dinheiro

 

De acordo com Marcos Barbosa, consultor de negócios da Central Sicredi Norte/Nordeste, quem realmente precisa utilizar o dinheiro do FGTS deve, primeiramente, elencar prioridades.

 

“A prioridade deve ser sempre quitar qualquer dívida pendente, dando preferência às mais importantes, como contas de água, aluguel e energia”, alerta. “Caso a pessoa não tenha nenhuma dívida, mas esteja com o orçamento apertado, o dinheiro pode ser usado para adiantar a parcela de alguma compra ou financiamento ou, ainda, ajudar no pagamento das contas do mês”, diz Barbosa.

 

Para o consultor de negócios, o trabalhador deve sacar o FGTS ainda que não tenha planos imediatos para o dinheiro e esteja com as finanças em dia.

 

“Na conta do FGTS, o valor rende cerca de 3% ao ano, o que é muito baixo. A mesma quantia investida em uma aplicação de renda fixa, por exemplo, rende em torno de 11,6%. Assim, mesmo que a pessoa não esteja precisando desse valor, o melhor a se fazer é

 

resgatar o dinheiro da conta do FGTS e investi-lo em outras aplicações mais rentáveis”, explica.

 

Uma outra opção para quem está com o orçamento equilibrado é utilizar o dinheiro para lazer ou adquirir um novo bem.

 

“Não há problema algum, se estiver nos limites do orçamento familiar, em realizar uma viagem ou comprar um bem desejado. Se o orçamento estiver equilibrado e houver uma reserva de emergência já constituída, não há riscos para a vida financeira. Tudo depende do momento financeiro do trabalhador. É apenas uma questão de planejamento. No Sicredi, dispomos de consultoria personalizada para cada associado”, conclui Marcos Barbosa.

 

Quem pode sacar

 

Tem direito ao saque extraordinário do FGTS todo trabalhador com contrato de trabalho formal, regido pela CLT, além de trabalhadores domésticos, rurais, temporários, avulsos e atletas profissionais.

 

De acordo com a CEF, 42 milhões de trabalhadores com saldo em contas ativas e inativas do FGTS têm direito ao saque de até R$ 1 mil. O trabalhador pode verificar o valor que irá receber por meio do aplicativo FGTS, no menu “Saque extraordinário”. O saque é liberado automaticamente para todos, mas pode ser cancelado pelo trabalhador no próprio app, caso não deseje utilizar o dinheiro.

 

Após a disponibilização do FGTS, o dinheiro deve ser movimentado a partir do aplicativo Caixa Tem, uma conta poupança social digital criada pela Caixa Econômica Federal.