Paraíba chega a marca de 700 mil casos acumulados de Covid-19

8574 - Formato 1
8574 - Formato 1
8574 - Formato 1
8574 - Formato 1
8574 - Formato 1
8574 - Formato 1
8574 - Formato 1
8574 - Formato 1
8574 - Formato 1
8574 - Formato 1

Com novos 444 casos de Covid-19 registrados nas últimas 24h entre a publicação dos boletins diários da Secretaria de Estado da Saúde (SES), entre quinta-feira e ontem, a Paraíba chegou a marca de 700.127 casos totais acumulados até o momento, desses 10.525 pessoas vieram a óbito. (via A União)

Entre os novos casos, apenas dois pacientes foram hospitalizados por apresentarem quadros moderado ou grave da doença. Os demais, representando  99,54% dos casos, são leves e se recuperam em suas residências.

A SES também confirmou dois falecimentos em decorrência do agravamento da doença, nenhum deles, no entanto, ocorreu nas últimas 24h. As vítimas foram uma mulher e um homem, com idades entre 76 e 91 anos, residentes de João Pessoa. Entre as vítimas, foi observada a presença de cardiopatia como comorbidade mais frequente.

Segundo o Centro Estadual de Regulação Hospitalar, 33 pessoas estão hospitalizadas em leitos de referência para o tratamento da doença em todo o estado, sendo dois com leitos regulados entre quinta-feira e ontem. Nos leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico), a ocupação total é de 12%. Entre as macrorregiões de saúde, o Sertão registra a maior taxa de ocupação com 31% de ocupação dos leitos de UTI; seguida pela Região Metropolitana de João Pessoa, com 11%; a região sediada por Campina Grande, tem  10% dos leitos de UTI para adultos ocupados.

Sem atualização nos dados de vacinação, a Paraíba mantém o registro de 59,69% da população a partir de 12 anos vacinada com a primeira dose de reforço. Já em relação ao segundo reforço, disponível para a população acima de 30 anos, a Paraíba tem 30,07% de cobertura.