Paisagem política devastada por escândalos na região metropolitana estimula partidos apostar na renovação

A região metropolitana de João Pessoa entra em processo de ebulição política na aflitiva esperança de renovação dos padrões morais ostentados até então pelos detentores de mandato que habitam essa inóspita paisagem eleitoral, onde escândalos envolvendo prefeitos e vereadores, inundaram o noticiário em um festival de atrocidades com o dinheiro público que exigiu a intervenção da Justiça.

Legenda vai apostar na renovação política para iniciar um novo ciclo

Cabedelo, Conde, Bayeux, Alhandra e Santa Rita, cidades do entorno da capital paraibana e que, juntas somam um eleitorado que ultrapassa os 200 mil sufrágios tiveram seus parlamentares e prefeitos protagonizando verdadeiros atentados aos cofres públicos e foram destaque nas manchetes, incluídas as nacionais.

Muitos desses personagens estarão se apresentando novamente para seduzir o eleitorado votar mais uma vez nas suas mirabolantes propostas eleitoreiras numa saga de cinismo que faz do eleitor um comparsa de suas atitudes criminosas.

Nesse espaço de quatro anos, essas cidades estiveram mergulhadas nas estripulias dessas estrelas da corrupção generalizada e viram o dinheiro público ser torrado em farras monumentais, custeando luxo e conforto, consolidando fortunas invariavelmente adquiridas sem uma gota de suor.

Elas têm o poder de promover a renovação

Nessa paisagem moralmente devastada, politicamente arrasada surge algumas ilhas de renovação que podem mudar esse cenário caso o eleitor ponha a mão na consciência e resolva dar uma chance para esse sangue novo que pode reabilitar esse organismo combalido.

Algumas legendas atentaram para essa catástrofe moral que devastou a paisagem política da região metropolitana e estão investindo em renovação, apostando em nomes sem qualquer vinculação com a política de esgoto, que prevalece nos dias de hoje particularmente nessa cidades, e foram atrás de juventude e caráter para construir um novo cenário, onde a moral e a ética possam servir de parâmetro.

O PSL seria uma dessas legendas dispostas fazer essa assepsia política visando corrigir os desvios morais que atropelaram e devastaram os partidos políticos da região metropolitana, o que contribuiu para desmoralizar os detentores de mandatos e desacreditá-los junto aquele eleitor que não despreza a importância do voto e da democracia.