Pacheco e Veneziano se destacam por atuação na implementação de novas de tecnologias no Senado

O Senado Federal brasileiro foi destaque no relatório bienal que apresenta os resultados de uma pesquisa feita em âmbito mundial sobre o uso de tecnologias de informação e comunicação nos parlamentos. Reportagem da Radio Senado que já está publicada no site da instituição mostra os detalhes desse reconhecimento e cita em destaque a atuação do senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB-PB), Vice-presidente do Senado Federal.

A matéria lembra que Veneziano destacou, em novembro do ano passado, a importância das ferramentas utilizadas no Senado, via aplicativos remotos, que se tornaram referências mundiais em sustentabilidade ambiental, transparência e acessibilidade aos trabalhos.

“O processo legislativo sem papel é um marco para esta Casa Legislativa. É com grande alegria, falando em nome do presidente Rodrigo Pacheco, que proclamo a implementação definitiva do processo legislativo eletrônico no Senado Federal, que coloca esta Casa, novamente, como referência na adoção de tecnologias de informação que aprimoram e racionalizam a atividade legislativa, promovem a sustentabilidade ambiental e proporcionam maior transparência e acessibilidade aos trabalhos”, afirmou Veneziano, em destaque na matéria da Rádio Senado.

Veja detalhes: https://www12.senado.leg.br/noticias/audios/2023/01/estudo-destaca-atuacao-do-senado-de-forma-remota-na-pandemia

O Estudo – O estudo é elaborado pela União Interparlamentar (UIP), instituição da qual o Senado brasileiro é integrante desde a década de 1950. O Senado brasileiro é destacado entre os parlamentos que criaram soluções para manter o trabalho na pandemia, se adaptando com celeridade às restrições impostas pela doença. A Casa implantou, já em março de 2020, o Sistema de Deliberação Remota (SDR), que permitiu votação à distância de medidas essenciais para o enfrentamento da covid-19 no país..

Livro Senado Remoto – A evolução do Sistema de Deliberação Remota do Senado, mostrada em várias reportagens da Agência Senado, vai ser tema de um livro, que já está em processo de produção. Foram oito reportagens especiais sobre o trabalho remoto do Senado durante a pandemia. Os textos contam a história da criação do Sistema de Deliberação Remota e as adaptações tecnológicas, políticas e administrativas da Casa para cumprir os seus deveres no cotidiano imposto pela pandemia. O título do livro será “Senado Remoto: a ação do Legislativo na pandemia de covid-19”.

 

Assessoria de Imprensa