Gerais

Governo do Estado beneficia comunidades rurais próximas de unidades de conservação

Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) vai implantar ecotecnologias em comunidades rurais que estão localizadas no entorno das unidades de conservação paraibanas. A iniciativa integra as ações do Projeto de Desenvolvimento Sustentável da Paraíba (Procase 2), que vai beneficiar diretamente 50 mil famílias. Entre os projetos, estão a produção de energia limpa e o reaproveitamento de água.

O Procase 2, lançado oficialmente nessa quarta-feira (14), tem como objetivo ajudar no desenvolvimento rural sustentável, reduzindo a pobreza e fortalezando ações de prevenção e redução da desertificação nas áreas de intervenção. “A Semas fará parte dessa iniciativa levando tecnologias que auxiliam na geração de renda, mas através da produção sustentável, utilizando, por exemplo, energia limpa e reaproveitando da água. Além de colaborar com o desenvolvimento econômico, vamos contribuir com a preservação do meio ambiente”, explicou a secretária de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Rafaela Camaraense.

A segunda etapa do Procase conta com um investimento de US$ 105 milhões, resultado de uma parceria entre o Governo do Estado, o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).  Tem como público-alvo mulheres, negros, jovens, comunidades indígenas, quilombolas e povos tradicionais que trabalham com agricultura em todo o território da Paraíba.

Além da implantação e fornecimento de assistência técnica especializada nas ecotecnologias, a Semas também vai atuar com a elaboração de dados que auxiliarão na execução das atividades nas comunidades rurais atendidas pelo projeto.

O Procase é desenvolvido pela Secretaria de Estado da Agricultura Familiar e do Desenvolvimento do Semiárido em parceria com a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Recursos Hídricos, Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana, Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Sustentabilidade, Secretaria de Estado de Desenvolvimento Humano, Secretaria do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca e Empresa de Pesquisa e Extensão Rural e Regularização Fundiária (Empaer).

Secom-PB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *