Comerciantes de CG estimam faturamento além da expectativa durante o Natal

O primeiro final de semana do Natal Iluminado 2022 gerou uma movimentação de visitantes que confirma as projeções favoráveis para a geração de emprego e renda neste período. Os cerca de 180 comerciantes, cadastrados para a atuação durante os 43 dias do evento, tiveram bons resultados desde a abertura, na última sexta-feira. Alguns já conseguiram superar as próprias expectativas.

O vendedor ambulante Francinaldo de Andrade, que comercializa brinquedos e algodão doce há mais de 30 anos, teve um domingo de trabalho intenso. Durante a entrevista, sobre as vendas no primeiro final de semana, aconteceram quatro interrupções para que ele pudesse atender aos clientes e a expectativa é de melhorar o volume de vendas. “Vem final de mês e devo vender ainda mais. Mas já consegui R$ 350,00 no primeiro dia, R$ 320,00 no segundo e hoje deve ser mais de R$ 400,00. Eu investi até agora R$ 500,00 mais devo ter um lucro de mais de R$ 2 mil”, calculou.

A estimativa de superar o valor do salário mínimo como renda extra neste período é compartilhada pelo casal de vendedores de batata frita, Shirley Soraya e Antônio Carlos. “Vamos fazer muito mais do que um décimo terceiro de salário mínimo. Apuramos na sexta R$ 225,00 e no sábado R$ 265,00 e olhe que só estaremos aqui da quinta-feira ao domingo”, disse Antônio Carlos.

 

Depois de passar pela capacitação organizada pela Prefeitura de Campina Grande, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SEDE), em parceria com o Sebrae, Procon e Gerência de Vigilância Sanitária do Município, a comerciante de cachorro quente, Maria de Fátima Vieira, iniciou o trabalho no Natal Iluminado melhor preparada para o atendimento aos clientes e para os procedimentos de higiene e manipulação dos alimentos. Ela acredita que isso fará a diferença no faturamento. “As vendas estão muito boas e agradeço a Prefeitura pelo treinamento que me ajudou muito. Gostei principalmente das dicas da chefe de cozinha”, enfatizou.

 

A praça de alimentação montada no Parque da Criança também foi muito procurada desde a noite da abertura. Segundo um dos proprietários do quiosque que comercializa hambúrgueres, o resultado do primeiro final de semana foi equivalente ao faturamento mensal da hamburgueria instalada na cidade há cinco anos. “Está muito bom. Muito além da expectativa. Ontem a movimentação foi tão intensa que a gente saiu 23h40 e não conseguiu atender todo mundo. Está um sucesso”, comemorou Leny Sucupira.

 

Quem também comemorou foi o responsável pela produção da hamburgueria. Recém contratado para o trabalho no quiosque montado no Parque da Criança, ele está esperançoso. “A festa proporcionou essa oportunidade e ainda pode continuar rendendo depois que acabar”, disse Davi Nascimento.

 

Codecom