Cícero entrega certificados de vencedores do Prêmio de Excelência Artesanal da Paraíba

Artesãos de todo o Estado receberam um reconhecimento especial pelo seu trabalho e trajetória. São 12 profissionais vencedores do Prêmio de Excelência Artesanal da Paraíba, uma parceria da Prefeitura de João Pessoa com o Programa do Artesanato Paraibano e o Conselho Mundial de Artesanato para a América Latina. A solenidade aconteceu na tarde desta quinta-feira (19), na praça de eventos do 35° Salão do Artesanato da Paraíba, onde eles receberam certificados das mãos do prefeito Cícero Lucena, da primeira-dama Lauremília Lucena, e do vice-prefeito Leo Bezerra.

“A gestão municipal, em parceria com o Governo do Estado, tem buscado identificar talentos, especializar e qualificar essa mão de obra inclusive com intercâmbio internacional, e assim vamos conquistar cada vez mais e fortalecer a posição de João Pessoa como Cidade Criativa da Unesco na área do artesanato. Parabenizo os vencedores por terem alcançado este nível de excelência e por reforçarem nossa cultura por meio do seu trabalho”, declarou o prefeito.

O prêmio contou com cerca de 70 inscrições. Os artesãos premiados foram escolhidos por meio de votação popular e de júri técnico. São eles: Armando Adonias Dantas Filho; a dupla Cristiane Maranhão Galdino e Tereza Cristina Clemente dos Santos; Guariguazi de Lima Tavares; Ivania Moita Sá Barreto; Jerônimo Malaquias da Silva; João Batista Barreto; Jonas Emison Nogueira Gomes; José Damião de Sousa Júnior; Maria Aparecida Silva Sousa; Maria das Neves Paiva; Mayrles Emille Medeiros Sarmento; e Virgínia Bezerra Cavalcanti Dantas.

O secretário executivo de Desenvolvimento Econômico e Trabalho de João Pessoa, João Bosco Ferraz, destacou que o Estado é rico em talentos que ainda não são devidamente conhecidos pelo público. De acordo com a diretora de Economia Criativa da Sedest, Marianne Góes, o prêmio dá protagonismo a quem faz artesanato. “Queremos que as pessoas conheçam a história e o artesão por trás das peças e é importante coroar estes talentos”, destacou. Também participou da solenidade a coordenadora do Programa de Artesanato da Paraíba, Marielza Rodrigues.

Júnior Sousa, artesão de Cabaceiras que trabalha há 27 anos com artigos em couro, comemorou o fato de ter seu nome entre os vencedores. “Esse prêmio é de grande importância, pois valoriza o nosso trabalho. Todos os que fazem essa atividade estão de parabéns e devem se sentir premiados”, afirmou.

Maria Aparecida Silva, mais conhecida como Cida Rendeira, lida com a renda renascença há mais de 50 anos na cidade de Zabelê. “Sinto muita emoção e felicidade, pois mesmo trabalhando com isso há tanto tempo nunca fui reconhecida ou celebrada e por isso representa muita coisa”, ressaltou.

Exposição – Todos os vencedores estão em destaque no 35° Salão do Artesanato da Paraíba, em um stand exclusivo que reúne peças feitas por eles, além de painéis com uma pequena biografia sobre cada profissional. A exposição ficará disponível durante toda a programação do salão, até o próximo dia 05 de fevereiro.