Presidente da AMIDI, Heron Cid, lamenta a morte de Guimarães e divulga nota de pesar

Foi grande a perda da Imprensa paraibana com a morte da jornalista e colunista do Jornal Correio da Paraíba, Lena Guimarães. Personalidades do mundo politico, da intelectualidade,amigos e colegas foram surpreendidos nesta segunda-feira com o falecimento da brilhante e querida profissional cujo talento e ética sempre foram reconhecidos. Querida e admirada, Lena recebe as homenagens da mídia paraibana na pessoa do presidente da Associação de Mídia Digital (AMIDI), Heron Cid, que distribui nota de pesar com a imprensa, lamentando o falecimento da inesquecível Lena Guimarães:

ASSOCIAÇÃO DE MÍDIA DIGITAL (AMIDI)

NOTA DE PESAR

O jornalismo profissional da Paraíba perde uma mais brilhantes escritoras das páginas da nossa imprensa. Lena Guimarães, representante de uma geração que imprimiu qualidade e evolução à comunicação paraibana, até chegarmos à atual fase da irreversível mídia digital, deixa-nos um passivo de responsabilidade com os rumos turbulentos da profissão que ela amava, valorizava e defendia como instrumento social transformador.

A vida e obra de Lena impõe a profissionais e veículos o compromisso da presença na trincheira da defesa da atividade do jornalista como profissão regular, acadêmica, insubstituível e indispensável, pilar da liberdade de expressão e alicerce democrático, além de condição básica de mercado.

A perda precoce dessa valorosa colega de batente nos lembra da necessidade de lutar pelo jornalismo livre, ético e plural, em respeito à profissão. É a mais coerente forma de homenagear Lena Guimarães, professora prática de muitas ‘turmas’ em atividade nas redações e uma das mais inspiradoras e emblemáticas profissionais desse segmento.

Heron Cid Cesar Madrid
Presidente

Leave a comment