Vereador diz que Covid-19 expôs fragilidades da Saúde

O vereador Coronel Sobreira (MDB) denunciou que a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) tem exposto fragilidades no sistema de saúde. Durante seu pronunciamento, na sessão ordinária desta manhã de terça-feira (16), o parlamentar relatou as dificuldades de um idoso acometido com outra doença que não Covid-19 para encontrar atendimento na rede de saúde. Entre os problemas relatados, a demora em se conseguir atendimento, leitos ocupados e a falta de informação compartilhada dentro da própria rede de saúde.

 

“Recebi, nesta segunda-feira (15), o pedido de um senhor de mais de 80 anos, em mangabeira, que precisava de socorro médico. Fiz uma chamada para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e nos mandaram procurar um Posto de Saúde da Família (PSF). Solicitei o número telefônico do PSF e ninguém sabia informar. Daí percebemos como a rede é desconectada e não facilita ao cidadão que não conhece o sistema de saúde do município”, alertou o parlamentar.

Segundo Coronel Sobreira, somente após 3 horas tentando ser atendido em alguma unidade de saúde da Capital que o paciente conseguiu dar entrada em um hospital. “Ele passou mais de três horas rodando em uma ambulância pela cidade e nenhum local o aceitava. O Corpo de Bombeiros atendeu meu chamado e após a peregrinação, ele foi aceito no Hospital Edson Ramalho. A Covid-19 nos deu uma demonstração de que não está fácil conseguir leitos e do quão frágil está o sistema de saúde”, informou o vereador, agradecendo a todos que ajudaram na ocasião.