Um certo capitão Jaerson: Do caos surgem as estrelas, profetiza candidato à prefeitura de Bayeux pelo PSL

Bayeux mergulha mais uma vez na bagunça patrocinada por sua representação política e a eleição indireta marcada para esta quinta-feira (13) se perde de vista diante da necessidade de se corrigir as irregularidades cometidas pela Mesa Diretora, agora suspeita de produzir falhas de forma propositada no intuito de procrastinar o pleito.

Ele promete varrer a poeira de Bayeux

Desse caos, porém, podem surgir novas estrelas no conturbado universo político de Bayeux que varra essa poeira densa e repleta de acontecimentos, absolutamente deprimentes, e que colocaram o munícipio em destaque no mundo da corrupção.

Como alternativa a esse caos, surgem candidaturas que anunciam novas práticas e novos projetos para o município e uma delas seria a do capitão Jaerson , candidato a prefeito pelo PSL que, em entrevista a programas de rádio da região metropolitana, reconhece a necessidade de mudança na paisagem e nos métodos que arrastaram Bayeux para o epicentro de episódios degradantes.

Câmara de Bayeux mais baixa que poleiro de pato

Jaerson tem um histórico combativo e uma trajetória diametralmente oposta à de políticos em evidencia na cidade e se compromete com projetos que visam a coletividade, ao contrário do que estaria acontecendo hoje quando verdadeiros aventureiros se locupletam de cargos e recursos.