Tucanos emitem nota de apoio a Operação Calvário e dizem que desde 2014 denunciavam a ORCRIM girassol

NOTA
Imbuídos de censo de justiça e de proteção ao cidadão, o diretório estadual do PSDB da Paraíba vem a público demonstrar total apoio à Operação Calvário, que culminou na decretação de prisão do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) e de diversos membros do alto escalão do governo socialista, os quais roubaram não só recursos, mas cercearam, em um esquema inescrupuloso de desvio de verba, um futuro melhor para a população paraibana.

Esse esquema vem sendo denunciado pelo PSDB desde 2014, ao tempo em que a Organização Criminosa (Orcrim) estruturava sua campanha política com recursos desviados da saúde pública e enganava a população com o discurso girassol.


A Paraíba foi traída. A 7ª fase da Operação Calvário, deflagrada na última terça-feira (17), traz, em detalhes, a sofisticação da estrutura criminosa que ocupou o poder: estratégias para aumentar a margem da propina, acordos para mensalidade após terminar o mandato, adiantamento de propina por recursos a serem desviados do funcionamento de hospitais públicos.

Na luta contra a impunidade, por um país onde o crime não compense, nossa defesa ao trabalho da Polícia Federal, do Judiciário, do Ministério Público Estadual e do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco).

Conscientes de que o estrago feito, infelizmente, não é passível de plena reparação, lamentamos esse triste episódio, na esperança da eficiência da pedagógica punição.

Diretório Estadual do PSDB – Paraíba