TRE-PB convida API para integrar comissão de auditoria da votação eletrônica nas eleições

O presidente da Associação Paraíbana de Imprensa (API), Marcos Weric; e o diretor-tesoureiro, Cristiano Teixeira, se reuniram, na última quarta-feira (14), com o juiz do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PB), José Ferreira Ramos Júnior, que convidou a API para participar como entidade fiscalizadora da Comissão de Auditoria do TRE-PB nas eleições deste ano.

Além da API, também foram convidadas as seguintes entidades fiscalizadoras: Partidos Políticos, Ministério Público, Polícia Federal, Tribunal de Contas da União (TCU), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Grupamento de Engenharia do Exército Brasileiro e a Assembleia Legislativa. As entidades fiscalizadoras legitimadas a participar das etapas da Auditoria de funcionamento das urnas eletrônicas, estão previstas no artigo 6º da Resolução nº 23.673/2021 do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O juiz Ferreira Junior afirmou que, “na condição de presidente da Comissão de auditoria da votação eletrônica, fez questão, em nome do TRE-PB, de convidar formalmente a API para junto com o Tribunal Regional Eleitoral participar da fiscalização de todo o processo de votação nas eleições”.

“No momento que nós estamos vendo prevalecer a democracia no nosso país é importante que a API, enquanto Instituição, esteja junto da Justiça Eleitoral para mostramos para a população que o processo eleitoral eletrônico é confiável sim, que o eleitor poder ficar tranquilo, ir as urnas, digitar o número do seu candidato, que no final esse voto será computado no final”, declarou Ferreira Junior.