Terceiro envolvido na morte de Expedido Pereira é condenado

A Justiça da Paraíba condenou ontem (8) a 18 anos e oito meses de prisão em regime fechado o terceiro e último acusado de participar do assassinato do ex-prefeito de Bayeux, Expedito Pereira. Gean Carlos Nascimento de Lima foi preso em maio deste ano em Natal (RN), após cerca de um ano e meio foragido.

Os outros dois acusados do crime, já condenados, são o sobrinho do ex-prefeito, Ricardo Pereira, e Leon Nascimento, mentor e executor, respectivamente.

O ex-prefeito foi assassinado aos 72 anos próximo à sua casa, no bairro de Manaíra, em João Pessoa, em dezembro de 2020. Um homem em uma moto se aproximou e efetuou os disparos.

Foto do dia do crime/Reprodução