Seplan vai receber presidente da Cinep para conhecer área industrial do Aluízio Campos

Já como primeira medida diante da quebra do jejum de dez anos sem o Governo do Estado firmar convênio com a Prefeitura de Campina Grande, foi realizada uma reunião entre os secretários municipais de Planejamento e Finanças, Felix Neto e Gustavo Braga, respectivamente, e o presidente da Companhia de Desenvolvimento da Paraíba (Cinep), Rômulo Polari Filho, no Palácio da Redenção, na manhã desta quinta-feira, 08, em João Pessoa.
A determinação partiu do governador João Azevêdo, que, durante a audiência com o prefeito Bruno Cunha Lima, sinalizou o retorno do diálogo para criação de parcerias e convênios entre Estado e Município.

O secretário de Planejamento disse que a pauta com o presidente da Cinep foi importante para Campina Grande e relacionada à demanda industrial do Aluízio Campos, entre outros assuntos.

Parceiros

“Após a solicitação do governador, o secretário de Finanças de Campina Grande, Gustavo Braga e eu, fomos recebidos pelo presidente da Cinep e falamos sobre a necessidade de viabilizar a estrutura da parte industrial do Aluízio Campos. Marcamos uma reunião para os próximos dias na Seplan para que ele conheça o projeto e verifique a área e, em seguida, dar curso ao que for determinado pelo governador e pelo prefeito”, analisou o secretário.

Durante a audiência entre os chefes do Executivo Estadual e Municipal, o prefeito de Campina Grande sugeriu a continuação do Canal de Bodocongó, nova via de acesso para a cidade, possibilitando a extensão da ponte do Cruzeiro até à Alça Sudoeste; o desenvolvimento industrial e comercial do Complexo Aluízio Campos, com parceria num plano de investimentos em infraestrutura, atração de empregos, consolidação de um condomínio de empresas e de apoio ao polo logístico, entre outras demandas de várias áreas. que se tornou a cidade.

Bruno Cunha Lima disse que a Prefeitura de Campina Grande está à disposição para apoiar o projeto de construção, pelo Governo do Estado, do Centro de Convenções.

Codecom