Segmentos representativos da sociedade repudiam agressões contra a Vida e a Liberdade

Muito mais depressa do que se esperava está se fechando o cerco a truculência e a estupidez que determinadas forças políticas vinham manifestando estimuladas por objetivos, os mais sombrios e tenebrosos, embuçados em espaços duvidosos da mídia que fornece publicidade e munição de festim para essas cavalgaduras, investidas em mandatos eletivos.

Declarações de Raniery restringe a intolerância e o ódio a certos mandatos

Municiados por balas de festim – aquelas que não causam danos-, esses artilheiros da mentira esgotaram a munição e a credibilidade alvejando a verdade de forma inconsequente, irresponsável e até criminosa, aliando-se aos esgotos de uma mídia que se especializou em detratar, servindo a reputados calhordas cuja trajetória os aproxima de celebridades da corrupção nacional.

Raniery pede para ser “incomodado”

A entrevista concedida pelo líder da Oposição ao Governo na Assembleia, deputado Raniery Paulino, revela que o discurso raivoso e agressivo de certos deputados, não se alinha com o estilo comedido e respeitoso que o exercício da Política impõe.

Opinião médica reforça a necessidade do isolamento social sepultando a ignorância e o oportunismo

Em tempo muito curto, duas cacetadas acertaram a cabeça dessas víboras, que rastejam no parlamento, desferidas por quem tem gabarito e autoridade, legítimos representantes de segmentos, os mais distintos e representativos da sociedade, como essa declaração do líder da Oposição, em defesa da Liberdade de Imprensa.

Como também a advertência cientifica do médico Ítalo Kumamoto a respeito da urgente necessidade de se respeitar o isolamento como forma eficaz de enfrentar a pandemia, o que vai de encontro a politica desumana desses entulhos que entopem os gabinetes da Assembleia, vomitando o discurso repugnante que inspira e move os setores mais reacionários do estado.

Para quem estava se empolgando com a reprodução de mentiras e para quem defendia o retorno das atividades econômicas, quebrando o isolamento, o vídeo do doutor Ítalo é um pá de cal na insensatez, igualmente a solidariedade oportuna do deputado a Liberdade de Imprensa, manifestações que confirmam que a sociedade ainda não se deixou embrutecer ao ponto de tratar a Vida e a Liberdade com tanto desprezo e acinte.