Reitor da UFPB participa de reunião com Presidente Lula e reitores de todo o país

O Reitor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Prof. Valdiney Gouveia, participou, nesta quinta-feira (19), no Palácio do Planalto, em Brasília, de reunião entre os reitores de universidades e institutos federais de todo o país e o Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva. Na ocasião, o Reitor entregou ao Presidente um documento com os pedidos da UFPB, sendo o principal deles recursos para a conclusão do Centro de Convenções da UFPB.

O encontro do Presidente com os reitores contou com a presença do ministro da Educação, Camilo Santana, da ministra da Ciência, Tecnologia e Inovação, Luciana Santos, e da Casa Civil, Rui Costa.

Em sua fala, o Presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que o País inicia um novo momento na educação; comentou sobre estreitar a relação com as universidades e os institutos federais e que o governo precisa criar oportunidades no Brasil a fim de combater as desigualdades.

“Não existe nenhum país que conseguiu se desenvolver sem que antes tivesse resolvido o problema da formação de seu povo”, disse, em sua fala inicial no encontro.

O Presidente anunciou, ainda, que será realizada uma reunião anual com os reitores para ouvir as demandas das instituições de ensino superior.

O Reitor da UFPB, Prof. Valdiney Gouveia, afirmou que a reunião ocorreu em clima de muita tranquilidade e informou que, aproveitou a oportunidade para sugerir à ministra da Ciência, Tecnologia e Inovação, Luciana Santos, a criação de um centro interdisciplinar sobre mudança climática. Além disso, entregou pessoalmente ao Presidente Lula as demandas da UFPB.

“O nosso grande pedido ao Presidente é o nosso Centro de Convenções”, afirmou o Reitor Valdiney Gouveia. O local será um centro cultural que também abrigará o Memorial Mestre Sivuca, compositor, multi-instrumentista e artista paraibano consagrado nacional e internacionalmente.

O ministro da Educação destacou que essa reunião tem um simbolismo muito forte. “Isso mostra que o governo do presidente Lula é um governo de diálogo, ele abre as portas para o que há de mais importante no país, que é a educação, que são as universidades, que são os institutos federais, que formam e geram sonhos da nossa juventude e da nossa sociedade brasileira”, disse Camilo Santana.

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Reportagem: Aline Lins

Ascom/UFPB