Projeto inclui Pelé no Livro dos Heróis e Heroínas na Pátria

Senadores fizeram nesta terça-feira (3) as últimas homenagens a Pelé, que pode ter seu nome incluído no Livro dos Heróis e Heroínas da Pátria. O corpo do ídolo do futebol foi sepultado nesta tarde, após um longo velório que começou na última segunda-feira (2), na Vila Belmiro, em Santos (SP).

Edson Arantes do Nascimento, que lutava contra o câncer de cólon, morreu na última quinta-feira (29). O projeto de lei que insere o nome de Pelé no Livro dos Heróis e Heroínas da Pátria foi apresentado nesta terça-feira pelo senador Jorge Kajuru (Podemos-GO).

Pelas redes sociais, Kajuru pediu o apoio dos senadores para a aprovação da matéria. Na justificativa do projeto, ainda sem número, ele explica os motivos pelos quais entende que Pelé é merecedor da homenagem.

“Dono de um talento raro, quebrou recordes, ganhou reconhecimento nacional e internacional e se transformou no maior nome da história do esporte mais popular do mundo. Pelé foi reconhecido como o atleta do século XX pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) e foi o brasileiro que mais projetou o nome do Brasil no Planeta Terra. Por este e outros motivos, merece ser lembrado e eternizado como herói de nossa pátria”, disse Kajuru.

Também nesta terça-feira, o senador Alvaro Dias (Podemos-PR) se manifestou no Twitter. “Milhares de pessoas acompanharam o cortejo com o caixão do Rei Pelé pelas ruas de Santos. Por onde o caminhão de bombeiros passou, as pessoas aplaudiam e choravam ao se despedir do Rei do Futebol. Imagens que jamais serão esquecidas”, publicou o senador.

O senador Humberto Costa (PT-PE) compartilhou uma mensagem do presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre Pelé e afirmou que o brasil “deve muito” ao jogador. “Pelé eterno! O Brasil deve muito a Edson Arantes do Nascimento. Lamentamos e prestamos homenagens ao ser humano, que nos deixou, mas a lenda seguirá viva. O legado de Pelé é eterno”, afirmou.

Comenda

Outro projeto, apresentado em 2019, busca homenagear Pelé dando seu nome a uma comenda destinada a homenagear esportistas brasileiros de destaque: o  PRS 111/2019, do senador Romário (PL-RJ), cria a Comenda Rei Pelé. A intenção, segundo o senador, é reafirmar a história de Pelé e incentivar novos atletas e esportistas a honrar o nome do Brasil.

“Como atleta profissional, participou decisivamente de três títulos mundiais do Brasil. Levou o nosso futebol ao patamar de referência e potência mundial. Transformou-se no mito sagrado dos gramados em todo o planeta. Virou o Rei do Futebol”, declarou Romário ao apresentar o projeto.

Esse projeto já foi aprovado pela Comissão de Educação do Senado (CE), com alterações feitas pela relatora da matéria, a senadora Leila Barros (PDT-DF). Ela aumentou o número previsto de homenageados — de um para quatro por ano. Agora o projeto aguarda decisão da Comissão Diretora da Casa.

Fonte: Agência Senado