Projeto de compostagem da UFPB doa 500 toneladas de adubo para Viveiro Municipal de JP

A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) doou para a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), nesta segunda-feira (24), aproximadamente 500 toneladas de adubo orgânico, produzido por meio do projeto de extensão de compostagem da UFPB, visando promover a sustentabilidade ambiental.

O transporte do material foi feito com a utilização de uma retroescavadeira e quatro caminhões-caçambas da Prefeitura Municipal de João Pessoa. O intuito da ação é a retirada de mais de 30 caçambas, o que representa um volume estimado em aproximadamente 500 toneladas de adubo, informou o presidente da Comissão de Gestão Ambiental da UFPB, Prof. Joácio Morais.

O projeto de compostagem, parceiro da Comissão de Gestão Ambiental (CGA), é coordenado pela Profa. Cláudia Coutinho, do Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, do Centro de Tecnologia da UFPB.

Segundo Prof. Joácio Morais, o propósito da parceria com o Município é a utilização do adubo orgânico no plantio urbano na cidade de João Pessoa. Além da PMJP, qualquer pessoa física ou instituição pode solicitar à UFPB doação de adubo orgânico. A solicitação deve ser realizada por meio do perfil do Instagram @compostagem_ufpb.

O adubo é produzido a partir da poda de árvores e das folhas originárias da varrição em todo o campus. O adubo é transportado para o Viveiro Municipal de Plantas Nativas, localizado no bairro de Valentina de Figueiredo, onde são preparadas para o plantio urbano.

“Temos mil metros cúbicos de adubo orgânico, prontos para serem utilizados. O material é de excelente qualidade, folhas que se transformaram em terra preta para fazer o melhoramento do solo”, comentou o Prof. Joácio.

O Diretor de Estudos e Pesquisas Ambientais da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Sérgio Chaves, destacou que o produto da compostagem é um material rico, extremamente sustentável, e que será utilizado na produção de mudas nativas e florestais de João Pessoa, como adubo para utilização nos jardins da cidade e na arborização urbana.

“A cooperação entre a academia e a Prefeitura Municipal de João Pessoa é uma parceria extremamente importante, salutar, e visa destinar esse material para o local correto”, afirmou.