Professora reaparece em vídeo esclarecendo trama abjeta que atentou contra sua reputação

Ressurge do seu mundo demolido pela maldade humana com visíveis traços da dor imensa que invariavelmente provoca a amputação da dignidade, a professora Paula Meirelles. Em um vídeo postado nos seus espaços nas redes sociais, ela dá sua versão para os fatos escabrosos, provenientes da violação de sua intimidade e que abasteceram o mundo do fuxico e da intriga, onde lares foram soterrados pela enxurrada de versões deturpadas com visível intenção criminosa, e amparada por interesses políticos, os mais abjetos.

Paula é mais uma vítima da sordidez humana

O portal acostou-se no combate a tragédia moral que devastou a vida da jovem professora reconhecida pelo trabalho social que imprime na cidade e festejada pela beleza incomum que daria ensejo a muito ódio e muito despeito.

A professora no seu desabafo narra detalhes da aflição e da angústia que se abateu sobre sua família notadamente marido e filha, alvos de achincalhes e outros constrangimentos que esse tipo de situação costuma promover.

Ela também se solidariza com o prefeito envolvido e sua família reconhecendo ser ele o principal alvo da perfídia e que a usaram para atingi-lo politicamente já que não encontraram na sua gestão motivos para denegri-lo.

Paula também enfatiza que as providências legais já foram tomadas e que as autoridades policiais já estão investigando e já identificaram os supostos autores da trama diabólica.

Abaixamos transcrevemos o vídeo da professora ultrajada: