Primeira parcela do Fundo de Participação dos Municípios já está nos cofres das prefeituras, avisa Vavá da Luz

O sempre irreverente e atilado Vavá da Luz não dorme em serviço muito menos descansa durante a noite como se pode aferir desse material sobre as receitas que entupiram os cofres municipais no dia de ontem e na madrugada desta sexta-feira com a primeira parcela do Fundo de Participação dos Municípios, acrescido de 1%, o que significa uma laminha a mais para os alcaides paraibanos.

Para algumas prefeituras como a de Pedras de Fogo, esse repasse ultrapassa 1,5 milhões de reais boa parte desse valor destinado a Saúde e ao FUNDEB.

Não se pode dizer que os prefeitos estão satisfeitos, apenas aliviados diante das responsabilidades que pesam sobre os ombros, aumentadas com a pandemia.

Com a sua “ubiquidade” Vavá da Luz confirma a sua reconhecida competência como arauto de todas as novidades que surgem na região, saindo na frente para apascentar seu numeroso público, que faz do seu portal um dos mais acessados do Estado.

Segundo Vavá, as 223 prefeituras da Paraíba vão ficar com os cofres abarrotados de dinheiro nesta sexta-feira (10) e os prefeitos recebem mais de R$ 243 milhões brutos, referente ao primeiro repasse adicional de 1% do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de 2020 mais a primeira cota do mês de julho. A cota, se comparada ao mesmo período do ano passado, apresenta um crescimento de 21,55%.

A maior fatia ficará com a Prefeitura de João Pessoa no valor de R$ 25,2 milhões, enquanto a gestão de Campina Grande perceberá R$ 7,2 milhões. Já 135 prefeituras, de pequenos municípios, ficarão com pouco mais de 665 mil brutos.

Entre elas, estão Alcantil, Aparecida, Boa Vista, Cabaceiras, Caldas Brandão, Cubati, Junco do Seridó, Marcação, Mataraca, Marizópolis, Nova Palmeira, Riachão, São Mamede, Serraria, Sobrado e Zabelê. O governo federal ainda vai repassar mais duas cotas do FPM este mês para as prefeituras.

Já o primeiro repasse adicional de 1% do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de 2020 entrou nos cofres municipais nesta quinta-feira, 9 de julho.

Valores Creditados:

JURIPIRANGA: fpm 381 mil reais + extra 496 mil reais
MOGEIRO: fpm 381 mil reais + extra 496 mil reais
SALGADO: fpm 381 mil reais + extra 496 mil reais
PILAR: fpm 381 mil reais + extra 496 mil reais
ITATUBA: fpm 381 mil reais + extra 496 mil reais
INGÁ: fpm 572 mil reais + extra 745 mil reais
SERRA REDONDA: fpm 286 mil reais + extra 372 mil reais
CALDAS BRANDÃO: fpm 286 mil reais + extra 372 mil reais
GURINHÉM: fpm 476 mil reais + extra 620 mil reais
JOSÉ DOS RAMOS: fpm 286 mil reais + extra 372 mil reais
SÃO MIGUEL DE TAIPU: fpm 286 mil reais + extra 372 mil reais
PEDRAS DE FOGO: fpm 667 mil reais + extra 869 mil reais
ITABAIANA: fpm 667 mil reais + extra 869 mil reais

 

Redação com portais