Presidente do TRE-PB confirma que eleições também serão fiscalizadas pelo Tribunal de Contas da PB

O Presidente do TRE-PB, José Ricardo Porto, realizará uma reunião com a presença do Vice-Presidente e Corregedor Eleitoral, desembargador Joás de Brito Pereira Filho, bem como com o Presidente e técnicos do TCE para implementar as ações que serão desenvolvidas

“As eleições municipais do ano em curso, também serão fiscalizadas pelo Tribunal de Contas da Paraíba”, afirmou o desembargador José Ricardo Porto, Presidente do Tribunal Regional Eleitoral do nosso Estado.
“As eleições municipais do ano em curso, também serão fiscalizadas pelo Tribunal de Contas da Paraíba”, afirmou o desembargador José Ricardo Porto, Presidente do Tribunal Regional Eleitoral do nosso Estado.

O Presidente do TRE/PB esclareceu que manteve contato preliminar com o Conselheiro Arnóbio Viana, Presidente do TCE/PB, objetivando um acompanhamento rigoroso de todos os lançamentos referentes à liberação de valores por parte das Prefeituras e Câmaras Municipais durante todo o processo eleitoral, notadamente no que diz respeito à contração de servidores temporários, benesses graciosas e o uso desvirtuado de programas sociais com fins eleitoreiros.

O desembargador José Ricardo esclareceu que, na próxima semana, será realizada uma reunião com a presença do Vice-Presidente e Corregedor Eleitoral desembargador, Joás de Brito Pereira Filho, bem como com o Presidente e técnicos do TCE para implementar as ações que serão desenvolvidas.

Fonte: Site Polêmica Paraíba.

Nota Oficial do TRE-PB alerta para notícias falsas

O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba alerta a sociedade para notícias falsas, que estão sendo produzidas em nome da instituição.

Com os preparativos para as Eleições 2020, o Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba alerta a sociedade para notícias falsas que estão sendo produzidas em nome da instituição.

Diante de mensagens que remetam à Justiça Eleitoral, é importante:

• Desconfiar de mensagens que apresentem erros de ortografia e gramática;
• Desconfiar de mensagens encaminhadas em aplicativos de mensagens ou redes sociais, mas que não apresentam a origem da informação em um canal oficial do TRE-PB ou do Tribunal Superior Eleitoral;
• Verificar se a mensagem consta na página do TRE-PB (www.tre-pb.jus.br) ou do TSE (www.tse.jus.br);
• Se a plataforma utilizada pela mensagem permitir, denuncie as mensagens falsas;
• Se não tiver certeza da veracidade da mensagem, não compartilhe.

A participação da sociedade é fundamental neste processo de conscientização. O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba agradece e valoriza a colaboração de todos.

Tags:
#Tribunal Regional Eleitoral