PGR vai recorrer da soltura do ex governador Ricardo Coutinho

A PGR – Procuradoria Geral da República – não tem nenhuma dúvida de que “estamos diante de uma flagrante situação de gravíssimos crimes praticados por uma organização criminosa, a qual, sem nenhuma dívida, o paciente lidera”.

O paciente a que se refere a PGR é o ex-governador Ricardo Coutinho, que passou poucas horas preso, após prisão preventiva decretada no âmbito da Operação Calvário/Juízo Final, acusado de ter desviado mais de R$ 134 milhões da saúde.

A Procuradoria emitiu parecer nesse sábado (21) pela manutenção da prisão do ex-governador Ricardo Coutinho e demais envolvidos.