PF NAS RUAS – Operação cumpre mandados de prisão contra Coriolano Coutinho e mais duas pessoas, além de 28 mandados de busca e apreensão

A Polícia Federal está cumprindo 28 mandados de busca e apreensão e três mandados de prisão em operação deflagrada nesta quinta-feira, dia 4.

Entre os presos está Coriolano Coutinho, irmão do ex-governador Ricardo Coutinho, Edvaldo Rosas e um empresário de nome Pietro.

A operação mira fraudes em licitações na área de educação, no Governo do Estado e na Prefeitura de João Pessoa, ainda na gestão de Ricardo Coutinho.

Na madrugada desta quinta-feira (04), a Controladoria Geral da União (CGU) e Ministério Público do Trabalho (MPT) deflagraram a 11ª fase da Operação Calvário na Paraíba. Segundo as primeiras informações, a operação acontece na cidade de João Pessoa, Campina Grande e outras cidades do interior da Paraíba.

Essa fase da operação visa cumprir 8 mandatos de busca e apreensão e 3 de prisão.

São três alvos de mandato de prisão: Edvaldo Rosas, ex-presidente estadual do PSB/PB e Coriolano Coutinho, irmão do ex-governador Ricardo Coutinho. O empresário campinense Pietro Harley Dantas Félix, é o terceiro nome.

Os indícios são de fraudes na Educação do Estado, através da utilização de empresas de fachada na aquisição de livros – na gestão do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB).

A operação é coordenada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), Controladoria Geral da União, com apoio da Polícia Militar.

Em João Pessoa, alguns dos alvos foram um apartamento localizado no bairro de Manaíra, na rua Franca Filho e outro em QuadraMares, um condomínio fechado.

Marcelo José e portais