Pesquisa aponta aos detratores que medidas tomadas pelo Governo de João recebem aprovação popular

A voz do povo sempre foi e sempre será a voz de Deus desde quando a humanidade apendeu a honrar seu nome. O Governo foi beber nessa fonte milenar para saber se as medidas tomadas para enfrentar a pandemia estavam corretas e se agradavam a maioria, o que ficou sobejamente confirmado pelos números expressivos colhidos pelo Instituto de Pesquisa Social numa consulta abrangente que ouviu as diversas regiões do estado, onde 53,3% dos consultados disseram aprovar as medidas, 22,64% discordaram, e qualquer coisa em torno de 25% não opinaram ou preferiram não responder naquela de quem cala consente.

Medidas de enfrentamento a pandemia tomadas por João recebem aprovação popular

A pesquisa pode orientar muito mais os opositores, aqueles renitentes mentirosos, persistentes na divulgação de informações infundadas e cavilosas sobre as medidas tomadas pelo Governo e assim farejarem que estão indo de encontro a vontade popular rio caudaloso onde costumam afogar-se ambiciosos, afoitos e inescrupulosos.

Provavelmente muito mais que os mecanismos adotados para identificar as fakes News, essa pesquisa do IPS desestimule os adeptos da mentira prosseguirem no embalo da informação falsa e caluniosa.

Pesquisa confirma que de grande a mentira só tem o nariz

Pesquisa revela que medidas adotadas por João Azevedo no combate ao coronavírus têm aprovação de 53,3% contra 22,64 que discordaram e

O conjunto de medidas tomadas pelo governador João Azevedo no combate à pandemia do coronavírus na Paraíba, recebeu a aprovação de 53,30 por cento dos entrevistados pelo Instituto de Pesquisa Social (IPS). Reprovaram as medidas adotadas pelo Governo 22,64%; 15,29% preferiram não opinar e 8,77% não responderam.

O paraibano entendeu a gravidade da pandemia e aprova medidas

Motivado pelo momento em que passamos com as restrições impostas, o IPS optou por realizar uma pesquisa no formato CATI, onde o entrevistador liga diretamente para o entrevistado. Foram ouvidas 1.116 pessoas em 41 municípios entre os dias 04 e 06 de maio de 2020. A margem de erro é de 3,2%.

Foram entrevistados moradores dos seguintes municípios: João Pessoa, Campina Grande, Santa Rita, Patos, Bayeux, Sousa, Cabedelo, Cajazeiras, Guarabira, Sapé, Mamanguape, Queimadas, São Bento, Monteiro, Esperança, Pombal, Alagoa Grande, Pedras de Fogo, Lagoa Seca, Itaporanga, Conde, Itabaiana, Areia, Bananeiras, Solânea, Caaporã, Cuité, Princesa Izabel, Araruna, Remígio, Alhandra, Piancó, Taperoá, Soledade, Tavares, Serra Branca, Arara, Mogeiro, Lucena, Bonito de Santa Fé e Imaculada.