Pedro diz que seu papel, agora, é fiscalizar e fazer pressão sobre o governo

O deputado federal e ex-candidato a governador Pedro Cunha Lima (PSDB) realizou na manhã desta quinta-feira, no auditório do Eco Business Center, em João Pessoa, uma entrevista coletiva à imprensa para comentar sobre o resultado da eleição. “Deixamos uma semente muito bem plantada, as nossas ideias têm força, espero que o Governo compreenda a mensagem. Vou torcer pela Paraíba, desejo sucesso, torço pelo Estado e pela correção do que está errado”, disse ele, adiantando que seu papel e de se grupo será cobrar “e fazer pressão”.

“Existe um coletivo que ama a Paraíba, quer ver a Paraíba crescer e vamos continuar, colocando o que precisa ser corrigido”, afirmou, citando a área da Educação.

Na ocasião, Pedro agradeceu o gesto de apoio do senador Veneziano Vital do Rêgo, que esteve presente à coletiva. “Muito obrigado por esse gesto de soma. Muito obrigado, senador Veneziano, por escrever conosco essa história. Este projeto vai ter uma sequência. Vai ter uma sequência dessa construção”, disse Pedro, sobre a importância de Veneziano neste segundo turno, quando Pedro obteve 1.079.450 votos (47,67% dos válidos).

Em retribuição, o presidente estadual do MDB e senador Veneziano destacou a importância dessa parceria, firmada nestas eleições, e que foi construída “na coerência de quem foi votado no primeiro turno na oposição e que permaneceu neste segundo turno na oposição, sendo representado dignamente por Pedro”.

Veneziano destacou também o crescimento da votação de Pedro em Campina Grande, onde o candidato obteve quase 70% dos votos válidos no segundo turno. “Os números mostraram isso. Nós temos uma parceria com nosso amigo Pedro e vamos continuar debatendo e defendendo que nossas ideias possam ser absorvidas”, disse Veneziano.