PCdoB reúne militância e reafirma apoio integral a João, Pollyanna e Lula

Em plenária realizada no Sindicato dos Bancários, na tarde desta quarta-feira (31), dirigentes do PCdoB, candidatos a deputado federal e estadual e representantes dos movimentos sociais reafirmaram apoio incondicional à reeleição do governador João Azevêdo (PSB), a Pollyanna Dutra (PSB) para o Senado e ao candidato a presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Com a participação do governador João Azevêdo, a presidente estadual do PCdoB, Gregória Benário, abriu a plenária ressaltando que João Azevêdo é o governador do diálogo, das políticas publicas e da responsabilidade de quem faz política com “P maiúsculo” e com responsabilidade.

“Hoje o partido e representantes dos segmentos da agricultura familiar, do Movimento dos Sem Terra, dos quilombolas, das mulheres, da negritute e da juventude estão unidos para reafirmarem apoio ao governador João Azevedo, a candidata Pollyanna para o Senado e a Lula para presidente. O Brasil precisa voltar a sorrir e a Paraíba precisa de um governador parceiro para que a Paraíba avance cada vez mais”, afirmou Gregória.

O governador João Azevêdo, após ouvir as falas e reinvindicação dos movimentos em defesa da agricultura familiar, agradeceu o apoio integral do PCdoB à chapa majoritária do PSB. “Sei muito bem a força dessa parceria com o PCdoB e dos que fazem o verdadeiro PT e querem o retorno do presidente Luiz Inácio Lula da Silva para resgatarmos a esperança desse país”, destacou João Azevêdo.

“Governar não nos afasta da realidade, ao contrário, nos aproxima cada vez mais das pessoas, dos seus problemas e da identificação das verdadeiras necessidades do povo. Por isso realizamos um governo que desde o primeiro dia vem sendo um governo de inclusão e da proteção social. Um governo que escuta as pessoas em suas regiões, pois isso é o que norteia as nossas políticas públicas”, destacou João Azevêdo.

João Azevêdo destacou que a agricultura foi um dos eixos importantes para enfrentar a pandemia, juntamente com o apoio à indústria para geração de emprego e renda. “Montamos um processo para que os alimentos chegassem até as mesas das pessoas e que continuassem produzindo, mesmo diante de uma pandemia, com o PAA (Programa de Aquisição de Alimentos), as compras governamentais, ampliação de 4 para 10 restaurantes populares, ampliação do Prato Cheio e o programa Tá na Mesa que distribui 1,3 milhões de refeições por mês ao preço de 1 real em 147 municípios e que será ampliado para todos os 223 municípios em 1 ano”, afirmou.

Além de representantes dos movimentos sociais de vários municípios, participaram da plenária o ex-reitor da UEPB Rangel Júnior, o ex-vereador Watteau Rodrigues, o representante dos agricultores do Sertão Mazinho, os candidatos a deputado federal Jonildo Cavalcante e Mira Marinho, e dos candidatos a deputado estadual Jô Oliveira, João Alves, Nildo Andrade, Noberto Carneiro e Socorro Abrantes.