PBGás apresenta plano de investimentos de R$ 72 milhões em cinco anos

Os resultados da Companhia Paraibana de Gás (PBGás) e os investimentos de mais de R$ 72 milhões na infraestrutura da rede de distribuição de gás canalizado para os próximos cinco anos foram apresentados aos funcionários da PBGás, durante encontro realizado na tarde dessa terça-feira (20).

A apresentação foi feita pelo gerente de Orçamento e Regulação, Patrick Brasil, e pelo diretor-presidente, Jailson Galvão, e o diretor administrativo e financeiro, Thiago Romero. Com 28 anos de existência, a PBGás conta hoje com mais de 25 mil clientes residenciais e comerciais, 39 indústrias, 37 postos de combustíveis e uma rede de gás de 361 km em 16 municípios paraibanos.

Para o ano de 2023, a PBGás aprovou em seu orçamento investimentos de R$ 11,2 milhões na ampliação e modernização da rede de gás natural. Previsão de crescimento de 16 km de rede de gasodutos, saltando de 361 km para 377 km ao final de 2023.

O diretor-presidente da PBGás, Jailson Galvão, agradeceu o empenho dos funcionários e destacou que os bons resultados obtidos pela companhia este ano estão diretamente ligados ao planejamento estratégico e o esforço e dedicação de cada um. “É momento de celebrar os avanços e, ao mesmo tempo, manter a visão estratégica para atingir as metas e ampliar a infraestrutura de distribuição e conquistar novos mercados”.

Redução do ICMS do Gás  – Jailson destacou que o decreto do governo do Estado com a redução do ICMS do gás natural de 18% para 12% em janeiro de 2023 e a diversificação de supridores de gás são fatores que vão contribuir com a ampliação da competitividade do gás natural no próximo ano.

O diretor administrativo financeiro, Thiago Romero, destacou as boas perspectivas de crescimento com o desenvolvimento dos projetos prioritários e com a conquista de novos clientes nos mercados residencial e comercial. “Estamos trabalhando num planejamento estratégico e melhoria dos processos internos para tornar a PBGÁS ainda mais forte e decisiva para o desenvolvimento energético da Paraíba”.

Os projetos prioritários para o próximo ano são:
Expansão e saturação João Pessoa
Expansão e saturação Campina Grande
Expansão para Cabedelo- 1 etapa Intermares e Ponta de Campina
1ª etapa do Polo Turístico do Cabo Branco