Paraíba tem dois alertas de perigo potencial por chuvas para 114 cidades

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) incluiu, nesta quarta-feira (24), 114 cidades da Paraíba em dois alertas de perigo potencial em virtude de chuvas. No Cariri, Seridó e Sertão, o aviso, referente a chuvas intensas, segue até as 11h desta quinta (25), envolvendo 82 municípios. Já para Litoral, Zona da Mata, Agreste e Brejo, o comunicado, correspondente a acumulado de chuva em 32 localidades, vale até as 23h59 desta quarta.

Podem ocorrer chuvas com volumes entre 20 e 30 milímetros por hora ou de até 50 milímetros por dia

Chuvas intensas

No Cariri, Seridó e Sertão, o Inmet indica que podem ocorrer chuvas com volumes entre 20 e 30 milímetros por hora ou de até 50 milímetros por dia, com ventos intensos (40 – 60 km/h). Conforme a previsão, há baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

O instituto aconselha que, em caso de rajadas de vento, as pessoas não se abriguem debaixo de árvores e não estacionem veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. Também devem evitar o uso de aparelhos eletrônicos ligados à tomada.

Lista de cidades incluídas no alerta de chuvas intensas:
Água Branca
Aguiar
Aparecida
Belém Do Brejo Do Cruz
Bernardino Batista
Boa Ventura
Bom Jesus
Bom Sucesso
Bonito De Santa Fé
Brejo Do Cruz
Brejo Dos Santos
Cachoeira Dos Índios
Cacimba De Areia
Cajazeiras
Cajazeirinhas
Carrapateira
Catingueira
Catolé Do Rocha
Conceição
Condado
Coremas
Curral Velho
Diamante
Emas
Ibiara
Igaracy
Imaculada
Itaporanga
Jericó
Joca Claudino
Juru
Lagoa
Lastro
Malta
Manaíra
Marizópolis
Mato Grosso
Maturéia
Monte Horebe
Mãe D’Água
Nazarezinho
Nova Olinda
Olho D’Água
Patos
Paulista
Pedra Branca
Piancó
Pombal
Poço Dantas
Poço De José De Moura
Princesa Isabel
Quixabá
Riacho Dos Cavalos
Santa Cruz
Santa Helena
Santa Inês
Santa Luzia
Santa Teresinha
Santana De Mangueira
Santana Dos Garrotes
Serra Grande
Sousa
São Bentinho
São Bento
São Domingos
São Francisco
São José Da Lagoa Tapada
São José De Caiana
São José De Espinharas
São José De Piranhas
São José De Princesa
São José Do Bonfim
São José Do Brejo Do Cruz
São João Do Rio Do Peixe
São Mamede
Tavares
Teixeira
Triunfo
Uiraúna
Vieirópolis
Vista Serrana
Várzea
Acumulado de chuva

Nas regiões do Litoral, Zona da Mata, Agreste e Brejo, o Inmet prevê chuva entre 20 e 30 milímetros por hora ou de até 50 milímetros por dia. Há baixo risco de alagamentos e pequenos deslizamentos, em cidades com tais áreas de risco.

O instituto aconselha que a população evite enfrentar o mau tempo, observe alteração nas encostas e procure não usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada.

Lista de cidades incluídas no alerta de acumulado de chuva:
Alhandra
Araçagi
Bayeux
Baía Da Traição
Caaporã
Capim
Conde
Cruz Do Espírito Santo
Cuité De Mamanguape
Curral De Cima
Itabaiana
Itapororoca
Jacaraú
João Pessoa
Juripiranga
Lucena
Mamanguape
Marcação
Mari
Mataraca
Pedras De Fogo
Pedro Régis
Pilar
Pitimbu
Riachão Do Poço
Rio Tinto
Salgado De São Félix
Santa Rita
Sapé
Sobrado
São José Dos Ramos
São Miguel De Taipu
Mais informações podem ser obtidas junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Capital deve registrar chuva moderada
De acordo com a Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado (Aesa), a previsão é de chuva moderada em pontos isolados de João Pessoa para as próximas 24 horas. A Defesa Civil da Capital permanece monitorando a cidade e atenta aos chamados. Nesta quarta-feira, vários pontos da Capital registraram precipitações e o bairro do Cuiá foi o que recebeu o maior volume de chuva, com 7,4 milímetros em um período de uma hora.

“Foi verificado um volume maior de chuvas hoje no Cuiá, mas, só naquela determinada área. As demais tiveram precipitações bem menores”, afirmou o titular da Defesa Civil, Kelson Chaves, lembrando que o órgão está monitorando principalmente as áreas de risco da Capital, mesmo quando se trata de um alerta moderado de chuvas.

A Defesa Civil informou que não houve alagamentos no Cuiá, nem chamadas na região. Contudo, alerta que, sempre que necessário, a população também pode entrar em contato com o órgão por meio dos telefones do plantão: 0800-285-9020 e (83) 98831-6885.

Cálculo do volume de chuvas
Uma pluviosidade de 1 milímetro equivale ao volume de 1 litro de água de chuva que se acumula sobre uma superfície de área igual a 1 metro quadrado (m²).