Pandemia: Geraldo Medeiros reforça necessidade de priorizar vacinação de idosos

Idosos com mais de 60 anos, representa 63% das mortes causadas pelo novo coronavírus na Paraíba. Para o secretário de Saúde do Estado, Geraldo Medeiros, a porcentagem reforça a necessidade desse público ser priorizado na fila da vacinação contra Covid-19. Atualmente o estado contabiliza 4.213 mortes.

Secretário mencionou também que, obviamente, após isso, os profissionais de saúde deveriam ser o segundo grupo, que tem um risco de morte menor que os idosos

Para o secretário, desde o início da vacinação, as doses deveriam ter sido destinadas exclusivamente aos idosos e, só depois de imunizar toda essa população, os outros demais grupos, já que o primeiro grupo é o que mais morre.“Na minha opinião, como falei em uma reunião do Conselho Nacional de Secretários de Saúde Estaduais, eu vacinaria primeiro todos os idosos. Todos”, apontou.

O secretário mencionou também que, obviamente, após isso, os profissionais de saúde deveriam ser o segundo grupo, que tem um risco de morte menor que os idosos.

“A maioria dos profissionais de saúde que estão na linha de frente da Covid são jovens e esse público é o que, em caso de contágio, o risco de morte é totalmente diferente dos idosos ou de pessoas com alguma comorbidade. Reforço que essa é uma opinião do cidadão Geraldo Medeiros, não do secretário”, destacou.