Obras de implantação e pavimentação de rodovia são iniciadas entre Lagoa Seca e Puxinanã

Os serviços de implantação e pavimentação das rodovias PB-099 e PB-113 já foram iniciados nos trechos ligando Lagoa Seca/Pai Domingos/Puxinanã, com 12,3 km e Jenipapo/entroncamento PB-099, com 2,5 km. A obra, autorizada pelo Governo do Estado, com execução pelo Departamento de Estradas de Rodagem da Paraíba (DER-PB), tem como construtora responsável a AL Teixeira Pinheiro Ltda, que deverá concluí-la até o final deste ano.

O gestor da obra, engenheiro Oduwaldo Andrade, disse que, além da preparação de toda a extensão da rodovia para sua implantação, a construtora executará serviços de terraplenagem em cortes e aterros, desmonte de rochas, implantação do sistema de drenagem para escoamento de águas pluviais, pavimentação asfáltica em Tratamento Superficial Duplo – TSD -, recuperação de áreas degradadas, colocação de defensas metálicas e sinalização vertical e horizontal, de acordo com cada etapa.

Ao falar sobre a importância de mais uma obra rodoviária do Governo do Estado, Oduvaldo Andrade fez uma observação: “Atualmente o período de chuvas intensas na região tem contribuído para alguns atrasos na obra, mas mesmo assim, estamos com serviços sendo realizados na PB-099”.

Essa rodovia beneficiará mais de 41 mil habitantes de Lagoa Seca e Puxinanã, na região metropolitana de Campina Grande. Nela, o Governo do Estado está aplicando R$ 9,6 milhões, proporcionando conforto e segurança aos usuários, redução do tempo de viagem, além de elevar a qualidade de vida da população.

O engenheiro do DER e fiscal da obra, Marcos Tiago de Sousa Victor, disse que a empresa já iniciou serviços de desmatamento visando à preparação do leito da rodovia e colocação de estacas. Disse, também, que a previsão para obras de terraplenagem é para o início do próximo mês.

O morador na região beneficiada pela rodovia PB-099, sentido Lagoa Seca a Puxinanã, Fabrício do Nascimento, afirmou que a obra executada pelo Governo do Estado, reivindicada há mais de 50 anos, é de grande importância para os habitantes de toda a região, para oferecer mais segurança aos motoristas.