Novo tipo de tecido é capaz de matar o novo coronavírus em até 15 minutos

Um novo tipo de tecido pode ser uma das grandes novidades no combate ao novo coronavírus. A tecnologia, certificada pelas universidades de Campinas (Unicamp), no interior de São Paulo, e pela Federal de Santa Catarina (UFSC), é capaz de eliminar o vírus em até 15 minutos.

Testes, realizados pela Unicamp e pela Universidade Federal de Santa Catarina, comprovaram 99,9% de eficácia do material contra o vírus

O segredo está na fabricação do tecido. Além de fibras naturais e sintéticas, o material é composto por íons de prata, uma substância química que tem efeito antisséptico e capacidade de eliminar mais de 650 microorganismos, entre eles, o novo coronavírus.

Os pesquisadores comprovaram eficácia de 99,9% contra o causador da Covid-19. “A gente viu que o tecido, numa certa diluição, ele foi capaz de inibir 99,9% do vírus”, revela a virologista da Unicamp, Clarice Arns.

Os testes mostraram que, em contato com o tecido enriquecido com íons de prata, o novo coronavírus não consegue se reproduzir. A substância rompe a membrada do microorganismo e impede a sua ligação com as células hospedeiras, não deixando que o vírus libere material genético e, assim, bloqueando a contaminação.

O íon de prata já é usado na produção de tecidos que prometem evitar o mal cheiro do suor.

Portal T5