No HULW/UFPB, Ministro Marcelo Queiroga assina protocolo para investimento de R$ 11 milhões na saúde

O Ministro da Saúde, Dr. Marcelo Queiroga, o Reitor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Prof. Valdiney Gouveia, o Superintendente do Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW), Dr. Marcelo Tissiani, e a Prefeitura de João Pessoa, por meio do prefeito Cícero Lucena, assinaram, nesta sexta-feira (16), protocolo de intenções a fim de incrementar recursos nas ações e serviços públicos de saúde – na média e alta complexidade ambulatorial e hospitalar. Ao todo, o investimento pretendido será na ordem de R$ 11 milhões.

A assinatura do documento ocorreu durante visita do Ministro à Paraíba, onde cumpriu agenda no Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW), logo após visita ao Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires, em Santa Rita.

Segundo o Ministro, o protocolo tem como objetivo assegurar investimentos em áreas como cardiologia, hemodiálise, entre outras. “Como Ministro da Saúde, eu tenho a honra de assinar esse documento, com a certeza de que estamos contribuindo para melhorar a saúde na cidade de João Pessoa, no estado da Paraíba e no Brasil”.

Por meio do protocolo, o município de João Pessoa compromete-se a adotar os procedimentos legais para firmar termo aditivo a contrato firmado entre a Prefeitura e o HULW, possibilitando o aumento da oferta de serviços aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

O ministro destacou a importância da ciência e da UFPB para a saúde, sobretudo na formação de recursos humanos. “Nós precisamos formar recursos humanos, todos sabem que a mortalidade de pacientes que estão em UTI é elevada”, comentou. De acordo com ele, nos serviços públicos de saúde, por exemplo, de cada dez pacientes com síndrome respiratória aguda grave por covid-19 que estão entubados, sete morrem. Para o Ministro da Saúde, a resposta para isso é a Universidade.

“Por isso que, ontem, eu e o Ministro Milton Ribeiro, da Educação, por determinação do Presidente da República, vamos abrir um concurso de residência médica – de residência multiprofissional – com 600 vagas”, adiantou o Ministro Marcelo Queiroga.

O Reitor da UFPB disse que a Paraíba tem figurado entre os estados com mais ações em termos de vacinação e de busca de conhecimento, isto porque a Paraíba tem um grupo de elite na saúde, o qual trabalha diuturnamente. “Aqui se faz ciência todos os dias e a UFPB espera contribuir, sempre, com a resolução de problemas sociais”, afirmou o Reitor.

De acordo com Prof. Valdiney Gouveia, a vinda do ministro representa a força que tem a UFPB na disposição de trabalhar, contribuir e colaborar.

“Temos diversas ações no combate a esse vírus tão danoso. Entre outras coisas, respirador pulmonar, máscara com proteção elevadíssima e testagem rápida para covid-19. Esperamos que, junto ao Ministério, possamos oferecer respostas contundentes para conseguir diminuir os problemas e também crescer enquanto Universidade, no sentido de buscar recursos, mostrar parcerias e oferecer nossos serviços à sociedade paraibana”, contou o Prof. Valdiney.Para o Superintendente do HU, Dr. Marcelo Tissiani, a Universidade tem atuado no enfrentamento ao vírus com ações importantes.

“O hospital tinha cinco leitos de UTI para covid e sete leitos de enfermaria. Naquela época estávamos desacelerando porque era o momento do novo normal. Contudo, com a nova onda que surgiu, acontecendo no ano de 2021, estabelecemos o aumento de nossas enfermarias para coronavírus, instalando mais 15 leitos, totalizando 22 no total. Já os leitos de UTI foram para um total de 12”, relatou Dr. Marcelo.

O Prof. Valdiney também mencionou parcerias que pretende realizar. “Previamente, nós já tivemos com o Ministro, Dr. Marcelo Queiroga, e falamos sobre a produção da máscara antiviral. Ele se mostrou bastante receptivo à ideia, inclusive com proposta e possibilidade de começar a fornecer algumas dessas máscaras para que sejam distribuídas”. Conforme o Reitor, a UFPB está à disposição do Governo estadual, do Município, do Ministério e do Brasil.

Também estavam na solenidade Gilson Machado (Ministro do Turismo), Geraldo Medeiros (Secretário Estadual de Saúde), Daniel Beltrami (Secretário Executivo de Gestão da Rede de Unidades de Saúde), Fábio Rocha (Secretário de Saúde de João Pessoa), Arnaldo Medeiros (Secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde) e os deputados federais Efraim Filho, Pedro Cunha Lima, Aguinaldo Ribeiro, Hugo Mota, além do deputado estadual Cabo Gilberto e outras autoridades.

* * *
Reportagem: Carlos Germano
Edição: Aline Lins
Fotos: Aline Lins