MP cavilosa agita a Polícia Militar e tropa ameaça greve branca como resposta

Nada melhor que um auxiliar desonesto para jogar o Rei na fogueira principalmente quando a astúcia serve de inspiração. E astúcia foi o que não faltou numa Medida Provisória assinada pelo governador no silêncio da noite em confiança a um dos mais cavilosos auxiliares, cuja reputação de matreiro seria uma herança genética, que já produziu episódios semelhantes no passado.

Saiu desse prédio a MP que incendiou a caserna

A convicção de que, o governador foi ludibriado ao assinar uma MP esdrúxula e sobejamente inconstitucional tomou conta de todos e o alarido tem sido grande desde que a manobra veio ao conhecimento público, despertando um clamor de indignação que nunca mais havia saído da caserna, apontando para manifestações de repúdio que coloca em risco a própria segurança publica do estado pelos desdobramentos que insinuam greve branca para um serviço de policiamento ostensivo e preventivo já comprometido e que deve ser agravado diante do achincalhe em que se transformou a Medida provisória vista pela maioria como um golpe de morte na corporação.

As notas distribuídas ontem e que chegaram ao portal revelam o grau de indignação que tomou conta da Polícia Militar há tempos submetida a caprichos e ambições pessoais, transformada em algo de interesse privado e familiar, alimentando vaidades e sede de poder.

Pelo clamor a MP vai jogar a segurança pública num inferno com consequências gravíssimas para a população haja vista as conclamações para manifestações de protesto, ao final do mês, que podem suspender os serviços que a corporação presta a sociedade.

Abaixo as manifestações de indignação que agitam a tropa:

CLUBE DOS OFICIAIS DA PM/BM/PB
NOTA OFICIAL
MEDIDA PROVISÓRIA 293/PB/2020

No dia de hoje, foi publicada no Diário Oficial da Paraíba a Medida Provisória nº 293, alterando as Leis 3.909/77 e 4816/86, gestada nos porões do Quartel do Comando Geral da PMPB, onde se vê que o único objetivo é blindar Coronéis para se perpetuarem na ativa, em detrimento dos demais oficiais de postos inferiores, senão vejamos:

Entre as principais alterações, os Coronéis da ativa que atingirem a idade compulsória de 65 anos de idade, ou 35 anos de efetivo serviço, ainda poderão permanecer na ativa, desde que estejam desempenhando funções de natureza militar de símbolos CDS 1, CDS 2, CDS 3, e ainda em cargos de corregedoria do poder executivo estadual.

Pela alteração supracitada, se convertida em lei, essa Medida Provisória, além da blindagem dos coronéis nos cargos CDS 1, 2 e 3, permitirá que tenhamos Coronéis encastelados na ativa, protegidos nos diversos cargos de corregedorias de todo o poder executivo, envolvendo a Policia e Bombeiro Militar, Secretaria de Segurança, Secretaria de Administração Penitenciária, e até secretarias fora do sistema de segurança, desde que possuam corregedorias, protegendo todos os Coronéis da ativa.

Essa Medida Provisória é ilegal e inconstitucional, primeiro porque a matéria não é de urgência, violando o parágrafo 3º do artigo 63, da Constituição Estadual da Paraíba, e segundo, porque traz tratamento diferenciado dentro de uma mesma categoria profissional, violando o princípio da igualdade, artigo 5º, caput da Constituição Federal de 1988.

Queremos crer que o Governador João Azevedo foi induzido ao erro pelo Comandante Geral da PMPB em sua boa fé, quando assinou e publicou essa aberração jurídica, que se recepcionada pela assembléia legislativa, será passível, no mínimo de uma ADIN.

O COPM-BM-PB entende que a supracitada MP, é discriminatória, e se convertida em lei, terá entre outros reflexos danosos, o atropelo da progressão hierárquica com o desestímulo e a improdutividade de todos os oficiais prejudicados no seu mérito de ascender a postos e funções superiores, prejudicando sobremaneira os serviços prestados, com conseqüências desastrosas para toda a sociedade.

Por fim, o COPM-BM-PB conclama a todos os oficiais da ativa, que se sentirem prejudicados por tal medida, que atendam ao chamamento e aos eventos que no breve futuro irão acontecer.

Vamos à luta. Estamos vigilantes.

Mais uma:

POLICIAIS MILITARES AMEAÇAM PARAR SUAS ATIVIDADES POIS O GOVERNADOR DA PARAÍBA RETOMA AO CORONELISMO NO ESTADO DEIXANDO MILITARES DA INATIVIDADE SOFREREM E AGORA BENEFICIA 19 CORONEIS COM MEDIDA PROVISORIA ASSINADA NA MADRUGADA

Não basta vê nossos companheiros que no final de sua carreira estão sofrendo com a perda salarial onde muitos passam necessidades de todas as formas, saúde debilitada sem poder sequer arcar com seu tratamento médico.

Mas nas vésperas de uma eleição apesar de ser municipal, o governador do Estado da Paraíba emitir a Medida Provisória a favor de meia dúzia de “coronés”, que a todo custo querem se manter no poder não deixando a roda girar.

Coronéis sejam sábios os senhores irão pra reserva, o que vale permanecer mais cinco anos e depois sofres mais 20, a não ser que estejam praticando algo ilícito em relação financeira e fazendo seu “pé de meia”.

Queremos acreditar que todos sejam homens honrados, e em vez de se manter no poder lutem para equiparação salarial.

Devido ao fato da legislação anterior a medida provisória enviar para reserva os coronéis com 8 anos no último posto, exemplo este seguido pelas forçar armadas a não ser que sejam promovidos a generais, este análogo ao Posto de Comandante geral.

O interessante é que os coronéis que hoje estão sendo beneficiados sequer calçou um coturno e foi combater a criminalidade nas ruas, protegendo a sociedade de forma intensa, trocando tiros e expondo a suas vidas, mas estavam acompanhando políticos e segurando bolsas das madames desses.

Essa decisão vem a travar toda instituição pelo bel-prazer de meia dúzias de pessoas que não têm sequer um serviço prestado à instituição bicentenária.

Senhor governador os policiais estão atentos, e saiba senhor governador que a nossa força está nas classes subalternas e intermediárias, com cerca de 80% de todo o efetivo de soldado a capitão.

Mas como o senhor foi mal orientado e prefere beneficiar um 0,01% do efetivo ativo (19 coronéis) mostraremos nossa força através do silêncio

O peso de uma decisão, mal tomada e direcionada a satisfazer o ego pessoal e não há necessidade COLETIVA será demonstrada no silêncio.

Aqueles que realmente detém o poder silencia e e assiste de camarote as consequências de uma postura inadequada.

Militares da Ativa vamos silenciar em apoio aos companheiros da reserva, quem deveria nos proteger, e lutar pela tropa (os coronéis).

Usam sua inteligência para massacrar nossos companheiros da inatividade e atividade

Nós da Ativa daremos a resposta

Em solidariedade aos companheiros.

Em movimento anônimo iremos para o serviço do dia 29 de novembro. Porém o silêncio será dado.

Vamos todos!!!!

Abaixo outro disparo mortal efetuado pelo coronel da reserva Arnaldo Costa:

Sempre gritei nos grupos e pelo portal jampa.com que esses Coronéis da ativa eram uns subservientes, covardes e burros.
Hoje acrescento mais um adjetivo a esses coronés: traidores!
Estão traindo todo o restante da tropa.
Esses traíras se enchem de latinhas no peito ostentando “relevantes serviços”. Piada.
Servem mais para bajularem políticos e abrirem porta pra suas madames.
Esses caras estão tão iludidos em seus cargos que se esquecem que na reserva irão perder 40% do que recebem hoje.
Tenho vergonha dessa gente. Sou CORONEL como outros da Reserva, mas esses CORONÉS não tem brio e não fazem questão de se mostrarem como uns calhordas.
É uma gente sem caráter.
Tenho nojo desses capachos de um cmt tíbio e de um governante socialista enrustido.
Coronéis da ativa: tenham vergonha na cara e honrem as estrelas que ostentam nos seus ombros.
Antes de terem tantas estrelas, sejam HOMENS

O clima na PM é de vaca desconhecer bezerro!