Morre o ex-superintendente do Sebrae Paraíba, Raimundo Nunes Pereira

Morreu, aos 79 anos, o ex-superintendente do Sebrae Paraíba, Raimundo Nunes Pereira, nesta quinta-feira (11). Ainda não há informações sobre a causa da morte. Ele era natural de Sousa, no Sertão paraibano e ocupou o cargo de 1990 a 1998.

Ele era natural de Sousa, no Sertão paraibano e ocupou o cargo de superintendente de 1990 a 1998.

Devido às recomendações dos órgãos de saúde diante da pandemia de coronavírus, não haverá velório. O sepultamento será realizado nesta quinta, às 17h30, apenas para os familiares.Raimundo formou-se em Direito pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB) em 1975 e, nos anos seguintes, especializou-se nas áreas de administração e de consultoria empresarial em instituições de Recife (PE), Belo Horizonte (MG), Manaus (AM) e Washington-DC (Estados Unidos).

Leia nota de pesar do Sebrae Paraíba na íntegra:

É com pesar que o Sebrae Paraíba lamenta o falecimento do ex-superintendente do Sebrae Paraíba, Raimundo Nunes Pereira, que ocupou a superintendência da instituição desde o início da década de 1990 até o ano de 1998, quando tornou-se consultor sênior e coordenador de crédito orientado da unidade de acesso a Serviços Financeiros do Sebrae em Brasília, de 1999 a 2004. Posteriormente, foi presidente da ABASE, na Prefeitura Municipal de João Pessoa e no Governo do Estado da Paraíba, à frente dos programas de apoio aos pequenos negócios, Empreender JP e Empreender PB. Sua morte ocorreu na manhã desta quinta-feira (11) e foi comunicada por colegas e familiares.

Raimundo Nunes Pereira nasceu na cidade de Sousa, no Sertão paraibano, em 26 de janeiro de 1941. Formou-se como Bacharel em Direito pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB) em 1975 e, nos anos seguintes, especializou-se nas áreas de administração e de consultoria empresarial em instituições de Recife (PE), Belo Horizonte (MG), Manaus (AM) e Washington-DC (Estados Unidos).

Conselheiros, Diretores e Funcionários do Sebrae Paraíba lamentam profundamente o falecimento do ex-superintendente. Para o superintendente do Sebrae, Walter Aguiar, é lamentável a perda de um profissional que tanto contribuiu com a instituição, durante 36 anos, exercercendo diversas funções, desde diretor administrativo-financeiro por 19 anos a superintendente por 12 anos. “Lamentamos a perda de um funcionário que foi de extrema importância para o crescimento do Sebrae na Paraíba e para o desenvolvimento de ações voltadas aos pequenos negócios, tal qual é a missão da nossa instituição”, disse.