Matéria que será manchete do Fantástico tirando o sono de gente poderosa na PB

O insuperável e incansável Clilson Junior agitou o mundo dos poderosos da PB ao anunciar a prisão de um deles, para os próximos dias.

Clilson criou um clima de suspense digno do mestre do suspense, Alfred Hitchcock, e deixou a platéia paraibana de orelha de pé doida para saber quem é o personagem que vai ser a estrela do Fantástico em qualquer domingo deste.

De acordo com as informações preliminares de Clilson, o escândalo a ser denunciado terá repercussão maior do que o da Calvário, o que já seria a evolução da corrupção no estado.

O que não se sabe ainda é se seria algum desdobramento das investigações que destruíram esquemas e reputações, ou se seria um novo filão da corrupção, onde novos vilões surgiriam no palco dessa companhia de horrores.

Até porque pouco foi revelado pelas investigações da Calvário; e a base do esquema que se mantinha ativo e perigoso, pelo enorme poder de tolher, constranger e aterrorizar autoridades, ainda não identificada.

Aquelas personagens que colhiam informações e que elaboravam dossiês, que serviam para o chefe do esquema pressionar, aliciar e chantagear poderosos do Estado e quiçá do país, ainda continuam embuçadas sem que suas digitais tenham sido identificadas.

A revelação desses personagens serviria para desmascarar o que resta de sombrio nesse cenário devastado pela corrupção e muita coisa poderia ser explicada com a identificação desses protagonistas, que se amoitam na cavilação e na dissimulação.

Parte desse mundo de sombras, onde apenas um morto e um não muito vivo foram apontados, pode vir à luz a qualquer momento e a presença do repórter do Fantástico na aldeia agitando índios e caciques

Produtor do Fantástico, o jornalista Eduardo Faustini está pela Paraíba. Ele foi visto por João Pessoa, e provavelmente está a trabalho. A presença do produtor reforça a informação do radialista Clilson Jr, de que um importante personagem paraibano será preso nos próximos dias: