Manifestante esfrega dedo na cara de vereador em Campina

CAMPINA GRANDE – O vereador, Teles Albuquerque (PSC), quase foi agredido fisicamente durante a tumultuada sessão extraordinária desta segunda-feira (30) que aprovou a Reforma da Previdência Municipal.

Teles está licenciado da Câmara, porque titulariza na atualidade a secretaria de esportes, mas justamente nesta segunda-feira, assumiu a cadeira porque o suplente, Álvaro Farias (PSC), que ocupa a sua vaga, viajou.

Quando aconteceu o tumulto e alguns sindicalistas tomaram conta do plenário, chegando a quebrar o estúdio da rádio Câmara, um manifestante partiu para cima de Teles, que estava sentado e colocou o dedo na sua cara.

“Você se licenciou da secretária de esportes só para votar contra nós, foi?”, esbravejou o manifestante.

Neste momento, o vereador se levantou e mandou que o manifestante baixasse o dedo.

A confusão entre ambos se acordou, mas a agressão física acabou não acontecendo.

A Polícia Militar (PM) foi acionada pela presidente da Câmara, Ivonete Ludgério (PSD), para arrefecer os ânimos dos manifestantes.

Após acalmada a situação, a sessão prosseguiu e a Reforma foi aprovada por 15 votos a 5.

Da redação