Luciene suspende contrato com o Samu e deixa população desamparada; liderança pede socorro ao governador João Azevedo

Se alguém duvidava que Luciene Gomes não conseguiria se superar em descaso e desprezo pela população de Bayeux a suspensão do contrato com o Samu revela o contrário.

Fofinha recolhe a ambulância do Samu

Sem maiores explicações, Fofinha mandou recolher a ambulância sob o pretexto de estar quebrada e deixou a população sem socorro de urgência numa demonstração criminosa de descaso e desprezo pela Saúde Pública.

Depois de dias sem ser vista na base do Samu, ao lado do Hospital Materno Infantil, a população foi inteirada através de vídeo que circula na internet produzido por Ari Junior, um contumaz crítico da gestão de Luciene, revelando as verdadeiras razões para o sumiço da ambulância.

O Samu não atende mais em Bayeux

De acordo com o vídeo revelador, Luciene, irresponsavelmente, revogou o contrato com o Samu e deixou a população entregue à própria sorte nas urgências e emergências, o que ensejaria uma intervenção vigorosa do Ministério Público para saber o que levou a prefeita tomar ato tão tresloucado e criminoso.

Apelo

Diante da suspensão Ari apela ao governador João Azevedo socorrer a população de Bayeux recolocando o Samu em condições de atender as necessidades de urgência da cidade.

População pede ajuda ao governador João Azevedo

Ari também cobra do Ministério Público sua intervenção para inquirir judicialmente a prefeita por ato tão irresponsável que estarreceu a opinião da cidade e ocupou o noticiário sendo manchete dos principais programas de rádio e TV tal a gravidade do fato.

Ele ainda cobra da Câmara Municipal um posicionamento diante de caso tão grave e que atinge mortalmente a Saúde do município.

“Apelamos ao governador João Azevedo a sua imediata intervenção para reconduzir a ambulância do Samu para sua base” conclama Ari Junior.

Vídeo produzido por Ari circula nas redes sociais: