Lamaçal: Livânia relata negociação de apoio do PMDB a Ricardo e cita mais políticos da PB

A delação premiada da ex-secretária de Administração, Livânia Farias, incluiu novos atores no cenário de suas acusações como beneficiários de repasses de dinheiro vindo do esquema investigado na Operação Calvário. Segundo ela, o apoio do PMDB à chapa de Ricardo em 2014 teria sido negociado “em troca” de um repasse de R$ 8 milhões.

Livânia agora detona o MDB de Zé Maranhão

Livânia cita nomes de várias lideranças do partido, a exemplo dos deputados Raniery Paulino, Trocolli Júnior, Nabor Wanderley, Hugo Motta e até Manoel Júnior como supostos beneficiários da “compra” da aliança que indicaria o vice na chapa. Ainda de acordo com ela, o grupo do PSB apenas dispunha de R$ 500 mil. Pela falta da quantia solicitada, a composição não chegou a se concretizar.

Mas, de acordo com Livânia, o rateio do dinheiro seria feito entre as lideranças do PMDB à exceção de Veneziano Vital e do irmão, Vital do Rêgo que seria o vice na negociação .

A vice de Ricardo foi Lígia Feliciano que só foi anunciada depois da convenção do PSB.

Já o PMDB lançou Vital do Rêgo como candidato ao Governo e José Maranhão para o Senado naquelas eleições.

ParlamentoPB